Rematrículas para escolas de idiomas: qual a sua estratégia?

Aprenda como garantir as rematrículas em sua gestão escolar, porque todo centro de idiomas depende da captação e retenção de alunos.

Por Cristopher Morais em 07 de agosto de 2020.

Garantir a rematrícula de seus alunos em uma escola de idiomas costuma ser sempre um desafio. Afinal, ao fim de um período letivo, estudantes, pais e responsáveis podem se questionar se o investimento está realmente valendo a pena.

Nesse sentido, a realidade em centros de idiomas é diferente da rematrícula em escolas de educação básica. Por lei, os pais ou responsáveis são obrigados a manter seus alunos em uma instituição de educação básica. Por isso, um dos trabalhos de uma escola é garantir que seus alunos não migrem para outras instituições.

Já na gestão educacional de um centro de idiomas, o desafio da rematrícula envolve estar sempre mostrando para alunos, pais e responsáveis que o aprendizado é um ótimo investimento!

Por envolver esse grande trabalho de convencimento, as ações de retenção de alunos não devem ser feitas apenas no fim de períodos letivos, e sim serem projetos da sua escola durante o ano todo!

Isso é ainda mais importante em tempos de crise. Em períodos assim, alunos, pais e responsáveis ficam ainda mais receosos em investir o seu dinheiro em educação. Nessas situações, é missão da sua escola mostrar para eles como o investimento vale a pena!

Com o coronavírus, a retenção de alunos foi ainda mais dificultada pelo isolamento social. Sem aulas presenciais, a atuação para garantir a rematrícula em sua escola de idiomas se tornou mais complicada.

Pensando nisso, a equipe Sponte elaborou uma lista de estratégias para melhorar seu trabalho de retenção de alunos e para conseguir mais rematrículas quando o período letivo terminar. Confira:

1. Entenda as causas de evasão em uma escola de idiomas

Rematrículas para escolas de idiomas: qual a sua estratégia? | Sponte

O primeiro passo para garantir mais rematrículas é entender o porquê da evasão de alunos em sua escola de idiomas. Ao compreender os motivos, você pode trabalhar para evitar esse tipo de problema. 

Separamos alguns dos principais motivos que levam alunos a não atualizarem suas matrículas. Confira:

Insatisfação com a escola:

A continuidade de um aluno em sua escola de idiomas vai sempre depender da sua satisfação com o aprendizado. Se ele estiver descontente com a metodologia, com os professores, com a estrutura ou com a administração, é muito mais difícil que ele faça a rematrícula.

Falta de motivação:

Se o aluno estiver desmotivado com seu aprendizado, será difícil convencê-lo a realizar a rematrícula. Essa desmotivação pode acontecer quando o aluno não vê resultados no estudo, está com dificuldades de aprendizado ou deixa de ver os benefícios que o curso pode oferecer.

Mudança de horários

É preciso sempre lembrar que os alunos possuem suas próprias rotinas e outras obrigações além do curso de idiomas. Sua disponibilidade de horários pode mudar e, se o seu centro de ensino não oferecer horários mais adequados, eles vão acabar não atualizando suas matrículas.

Problemas financeiros:

Outro motivo comum para alunos não realizarem a rematrícula é a questão financeira. Ao perceber que terão dificuldades para pagar as mensalidades do próximo período escolar, muitos alunos acabam desistindo do curso. Isso é mais frequente em períodos de crise e sua escola deve estar pronta para lidar com a situação, com negociações de valores ou outras estratégias.

Não adequação ao método

Em tempos de coronavírus, as escolas tiveram de fechar suas portas e sua gestão educacional teve de buscar outras formas de reter os alunos. Uma das principais foi a implantação de aulas online. No entanto, mudanças assim devem ser feitas com cuidado, pois se o aluno não se adaptar, ele certamente vai deixar de atualizar sua matrícula.

2. Conheça seus alunos

Outra ação importante para garantir a rematrícula em um centro de idiomas é buscar conhecer os alunos, saber de suas dificuldades e necessidades, e também seus desejos e motivos para estudar!

Ao conhecer seu aluno de forma mais completa, você pode direcionar as aulas e atividades escolares para atender as expectativas dele em relação à sua escola de idiomas. E um aluno satisfeito certamente será um aluno rematriculado.

Para conseguir esse conhecimento, é válido realizar pesquisas, disponibilizar uma caixinha de sugestões e incentivar que eles conversem com você e com os professores. 

Mas lembre: não adianta apenas conhecer as vontades dos alunos, é preciso também colocar em prática ações que vão de encontro a essas demandas.

3. Construa uma relação com os alunos

Ao conhecer seus alunos, você já dá um passo a mais na construção de uma relação com eles, mas esse é apenas o começo.

É preciso que a cada dia toda a equipe trabalhe para criar um relacionamento de amizade com o seu aluno. Procure chamá-lo pelo nome, conversar com ele sempre que possível, perguntar como vão as aulas e mostrar interesse em seu bem-estar.

Quando há aulas presenciais, isso pode ser feito pela pessoa na recepção da escola, antes do início da aula, pelo professor e até pela equipe administrativa. Isso dá ao aluno uma sensação de importância e torna o processo de rematrícula muito mais provável! Afinal, todo mundo gosta de estar em um lugar onde é bem tratado.

Já em tempos de isolamento social, há duas formas de fazer isso: através do professor, nas aulas online; ou através de contatos com o aluno pelas redes sociais. Ambas as formas são ótimas para fortalecer o relacionamento de sua escola de idiomas com seus alunos

4. Se aproxime dos pais e responsáveis

Muitas vezes, a maioria dos alunos de uma escola de idiomas é composta por crianças e adolescentes, certo? Nesses casos, o relacionamento com os alunos também é importante, mas deve ser somado a uma aproximação com os pais e responsáveis.

Como são eles que pagam as mensalidades e realizam a rematrícula, os pais e responsáveis precisam ser capazes de ver os resultados e de sentir que o investimento está valendo a pena. Por isso, mantenha sempre um contato cordial com eles.

5. Deixe o processo de matrícula mais simples e eficiente

A burocracia na hora da matrícula ou da rematrícula pode ser um motivo para reduzir a satisfação de seus alunos, pais ou responsáveis. Por isso, é importante simplificar ao máximo esse momento, e oferecer um processo de matrícula escolar eficiente!

Ainda mais durante a situação de pandemia, em que recomenda-se o isolamento social. Para evitar a aglomeração na sua escola, vale a pena contar com as matrículas online: um processo rápido, fácil e seguro!

6. Promova feedbacks para melhorar sua escola

Como já comentamos, através de feedbacks, os alunos vão se sentir ouvidos e importantes para a sua escola, favorecendo sua satisfação.

No entanto, esses feedbacks também têm outra vantagem para garantir as rematrículas: com eles, seus alunos vão poder avaliar professores, métodos, infraestrutura da sua escola, e muito mais.

Isso vai permitir que você identifique problemas que precisam de atenção para evitar a evasão de alunos e facilitar o convencimento na hora da rematrícula.

Melhorando seu ambiente escolar a partir das ideias e demandas dos alunos, você consegue favorecer a captação e a retenção de alunos, aumentando não só as rematrículas, mas também as matrículas novas.

7. Cuide da sua infraestrutura

Uma estrutura boa é essencial para garantir a satisfação do aluno. Boas salas, bons materiais e espaços agradáveis ajudam muito a deixá-lo motivado para as aulas.

Isso inclui desde contar com cadeiras confortáveis e ar-condicionado até investir na pintura da escola, para deixar o visual convidativo.

Um aluno que gosta do espaço de sua escola tem mais chances de realizar a rematrícula.

8. Acompanhe o pagamento de mensalidades

Rematrículas para escolas de idiomas: qual a sua estratégia? | Sponte

Um sinal de que um aluno pode não realizar a rematrícula é o atraso em suas mensalidades. Se ele estiver atrasando, isso pode significar insatisfação com a escola, desmotivação ou até problemas financeiros.

Como já vimos, essas três situações podem ser motivos para a evasão de seus alunos. Dessa forma, é essencial que a gestão educacional de seu centro de idiomas seja capaz de acompanhar o pagamento das mensalidades.

Em casos de atrasos frequentes, você estará preparado para lidar com o aluno de forma prévia, para entender o seu problema e melhorar a situação, garantindo a rematrícula.

Com um bom sistema de gestão escolar, como o Sponte, você consegue acompanhar essas informações com facilidade.

9. Ofereça descontos/renegociações de valores

Caso seu aluno mostre problemas financeiros, principalmente em tempos de pandemia, sua escola deve ter flexibilidade para renegociar valores ou até formas de pagamento.

Dessa forma, você vai reduzir um pouco seus ganhos, mas evita que ele desista do curso por motivos financeiros. Além de favorecer a rematrícula, você fideliza o aluno, ou o pai ou responsável. Dessa forma, ele não apenas vai continuar na escola como também vai recomendar seu centro de ensino para amigos.

10. Conte com boas ferramentas

Muitos dos pontos que discutimos podem ser melhorados com boas ferramentas. A matrícula online e o controle de mensalidades do sistema Sponte são alguns exemplos! 

Além disso, o App Sponte e o Portal do Aluno também favorecem a experiência dos seus estudantes e facilitam a gestão, para beneficiar a retenção de alunos e sua rematrícula.

Mas o sistema Sponte conta com mais uma ferramenta que é muito poderosa para facilitar as rematrículas: o Controle de Retenção do Sponte.

Essa funcionalidade permite que o gestor identifique previamente alunos que têm tendência a não atualizar suas matrículas, a partir de um Score calculado com indicadores de ensino.

Esses indicadores incluem a frequência dos alunos, o desempenho pedagógico e a incidência de inadimplência histórica, entre outros.

Tudo isso permite ao gestor o desenvolvimento de um trabalho mais focado em prevenção da evasão, aumentando as chances de rematrículas.

Fique atento para a captação e retenção de seus alunos

A retenção de alunos tem tudo a ver com o aumento de rematrículas. Afinal, um aluno fidelizado certamente vai continuar em sua escola.

Mas para manter a saúde financeira do seu centro de ensino e sempre contar com bastante estudantes, também é importante ter um foco na captação de alunos.

Então complemente seus conhecimentos! Agora que você já sabe como ter mais rematrículas, acesse nosso eBook e descubra como captar e reter mais alunos:

Cristopher Morais / Gerente de Produto

Atualmente é Gerente de Produto, com mais de 10 anos em experiência soluções inteligentes na área da educação, faz parte do time da Sponte há 13 anos.