Por Cristopher Morais, 05 de outubro de 2021

Gestão escolar do futuro: saiba como preparar sua escola!

Saiba tudo sobre o que é gestão escolar do futuro, quais os desafios a serem enfrentados e como preparar sua escola para ela.

Gestão escolar do futuro: como preparar sua escola?| Sponte

A área da educação está em constante transformação. Nos tempos atuais, principalmente, devido às inovações na forma de se comunicar e transmitir informação, além do fato de que os próprios alunos estão cada vez mais inteirados das novas tecnologias.

Dessa forma, para a escola se manter relevante e atrativa para os jovens, mantendo-os engajados e fortalecendo o processo de aprendizado, ela precisa se atualizar e evoluir, começando pela gestão. 

Além disso, é fundamental planejar como a instituição deseja ser no futuro e começar a trabalhar hoje nesse aspecto para colher os frutos a longo prazo.

Mas o que significa pensar em uma gestão escolar do futuro?

Para começar, a gestão de uma escola possui um papel central no funcionamento e desenvolvimento de uma instituição de ensino. Porém, muitas pessoas desconhecem suas reais funções e atribuições.

O gestor é responsável por muitas práticas essenciais dentro da escola e precisa saber organizar seu tempo e delegar tarefas.

Pensar em uma gestão educacional do futuro, então, significa buscar a otimização de processos para que a instituição funcione de forma mais eficiente, tanto do ponto de vista administrativo quanto pedagógico. Sendo assim, para ter uma gestão com mais produtividade, é preciso compreender, na íntegra, como ela funciona.

Neste artigo, buscamos esclarecer tudo sobre como ter uma gestão escolar do futuro. Acompanhe:

O que é uma gestão escolar de sucesso?
Qual é a importância da gestão escolar na Educação Básica?
O que se espera da gestão escolar do futuro?
Quais são as áreas de atuação da gestão educacional?
Como melhorar os processos da gestão escolar?

O que é uma gestão escolar de sucesso?

A gestão escolar é responsável pela administração de todos os processos da escola e vai muito além dos aspectos técnicos, o que também são fundamentais do ponto de vista estratégico e pedagógico.

É ela que organiza e encaminha os diversos setores da instituição na busca por melhores resultados e por aprimoramento constante nos serviços educacionais ofertados.

Para alcançar esse objetivo, pautando-se em excelência, muitos caminhos precisam ser percorridos, e o gestor educacional deve estar atento a todos eles, coordenando a equipe e garantido que todas as ações estejam sendo cumpridas dentro do que consta no planejamento.

O profissional que lida com a gestão escolar precisa, portanto, ter conhecimento em diversas áreas de gestão, relacionando-se um pouco com cada setor para conseguir ter uma visão completa da instituição — algo que é necessário para uma administração de sucesso.

Qual é a importância da gestão escolar na Educação Básica?

A gestão escolar tem um impacto profundo em todas as áreas de uma instituição. A começar pelos processos administrativos, que precisam ser concebidos visando a otimização e a padronização do trabalho da equipe para garantir sua eficiência.

Afinal, uma escola que não possui uma gestão administrativa assertiva, jamais conseguirá dar conta da demanda de serviços, principalmente no que diz respeito ao atendimento ao público.

A organização do marketing escolar também passa pela gestão educacional. O gestor precisa se preocupar com a imagem da escola no mercado e com o seu objetivo, não só como instituição, mas, no caso das escolas particulares, como empresa. 

A equipe de marketing precisa do contato com a gestão para ter acesso a informações que serão essenciais na elaboração de campanhas.

Provavelmente a escola conta com um setor financeiro próprio, por isso, o gestor não precisa se preocupar com todos os pormenores dessa área da instituição, como contas a pagar, contas a receber, entre outros.

Mas é ideal que a gestão tenha noção de tudo que acontece nesse setor e esteja no controle do planejamento financeiro da escola. Isso porque destinar o uso dos recursos também passa pelo seu trabalho. Sem isso, fica difícil ter uma administração financeira que pense em uma escala maior e a longo prazo.

Ela também afeta o plano pedagógico e tem a importante função de orquestrar o processo educacional da instituição. A metodologia de ensino, os materiais didáticos e o projeto político-pedagógico são alguns tópicos que estão sob a supervisão do gestor.

Por fim, mas não menos importante, a gestão se relaciona e une toda a comunidade escolar, composta não somente pela equipe que trabalha no centro de ensino, mas, também, pelos alunos, pais, responsáveis e todas as pessoas que, de alguma forma, têm um vínculo com a instituição.

Portanto, podemos enxergar a gestão escolar como o agente que coordena os processos internos para atingir um objetivo final e, também, como a responsável por conectar todos os setores da escola, garantindo que trabalhem em sinergia.

Tudo isso são os elementos básicos de uma gestão escolar de sucesso hoje. Contudo, considerando os avanços tecnológicos e a transformação da sociedade, é preciso ir ainda mais longe e pensar em uma gestão do futuro, preparada para os desafios de lidar com as novas gerações e para as oportunidades deste mundo novo.

O que se espera da gestão escolar do futuro?

Quando falamos em gestão escolar do futuro, estamos nos referindo em melhorar o ensino, otimizar os processos, diminuir a perda de tempo com trabalho manual na secretaria, melhorar a comunicação com a comunidade escolar e muito mais!

De fato, o futuro da gestão está em oferecer mais agilidade e assertividade nos processos administrativos e financeiros, eliminando burocracias e implementando novos métodos de ensino que sejam adequados ao contexto dos alunos de hoje, potencializando seu aprendizado.

Educação para o crescimento pessoal

É um consenso entre os educadores de que a escola não é somente um espaço em que o aluno frequenta para aprender o conteúdo que está nos livros e apostilas. Ela é, também, um lugar de formação cidadã, que visa o crescimento pessoal do estudante.

Por isso, a gestão escolar do futuro deve buscar modelos que prezam pelo desenvolvimento dessas características dentro da instituição.

Incentivar a cultura maker, metodologias ativas e a participação democrática da comunidade escolar são algumas ideias interessantes que estão ganhando cada vez mais espaço nas escolas.

Considerando, ainda, o crescimento da tecnologia e a transformação do mercado de trabalho, é válido começar a buscar técnicas educacionais conectadas com o futuro, como a metodologia STEAM e a Educação 4.0.

Educação 4.0

Família presente e atuante

É impossível pensar em um modelo educacional completo e sustentável sem um bom relacionamento com pais e alunos. A família deve confiar no trabalho da escola e nos seus profissionais, e cooperar para que o aprendizado também aconteça em casa. 

Por isso é tão importante investir na comunicação com a comunidade escolar. Ainda mais quando consideramos as aulas a distância e o ensino híbrido, que são uma realidade cada vez mais presente na gestão educacional atual.

Processos internos otimizados

A otimização constante de processos é um dos focos da gestão escolar do futuro. Novas tecnologias surgem diariamente e sua aplicação na gestão educacional pode render excelentes resultados, como:

  • Agilidade no trabalho de gestão, com menos trabalho manual e erros humanos.
  • Organização e praticidade com registros pedagógicos organizados de forma digital.
  • Mais captação e retenção de alunos, com técnicas inteligentes, marketing automatizado e acompanhamento da fidelização.
  • Menos inadimplência. 
  • Menos perda de tempo na gestão financeira.
  • Aperfeiçoamento da comunicação com a comunidade escolar.
  • E muito mais!

Para as escolas do futuro, é essencial contar com um sistema de gestão escolar que ofereça funcionalidades como essas, que possam realmente transformar seu trabalho, com mais agilidade, eficiência e inteligência!

Quais são as áreas de atuação da gestão educacional?

Gestão escolar do futuro: como preparar sua escola?| Sponte

Com um papel tão amplo e central dentro das instituições de ensino, nem sempre fica claro o que é e o que não é atribuição da gestão escolar. Com as demandas de uma escola do futuro, ter esse conhecimento se torna ainda mais importante. 

Por isso, saiba que as funções da gestão permeiam seis áreas consideradas essenciais para a escola. A seguir conheça com mais detalhes cada uma delas:

Gestão administrativa

A administração, em si, se preocupa muito com disponibilidade e organização de recursos da escola, visando a otimização e a excelência no serviço prestado. Porém, para atingir esse objetivo não basta ter recursos, é importante saber utilizá-los da melhor forma. É sobre isso que se trata a gestão administrativa.

Sendo assim, ela cuida para que a escola tenha disponíveis os recursos necessários para o seu funcionamento adequado. Além disso, estuda a melhor forma de empregá-los, tendo como foco os estudantes e suas demandas.

Gestão pedagógica

A escola existe com a finalidade de promover o desenvolvimento integral de seus alunos. Dessa forma, a gestão escolar precisa fazer parte do projeto político-pedagógico da escola e acompanhar seu cumprimento de perto.

Além disso, pensando na gestão escolar do futuro, é necessário que a gestão pedagógica esteja antenada com as novidades do mundo da educação para fomentar a inclusão de novas metodologias e práticas pedagógicas, sempre visando o melhoramento do ensino na instituição e o aproveitamento dos alunos.

Gestão financeira

Cabe à gestão manter o fluxo de caixa organizado e determinar o orçamento destinado para cada área da escola. É necessário, também, atentar-se aos impostos e prestar contas sobre o quanto foi gasto e em que foi gasto.

Outro ponto bastante importante é a questão da inadimplência, um mal que assola muitas instituições de ensino. A gestão escolar deve buscar combater a inadimplência e mantê-la sob controle para não comprometer as finanças e evitar que ela afete os outros setores da escola, como o administrativo e o pedagógico.

Gestão da comunicação

A manutenção do relacionamento com o público da instituição de ensino é uma das prioridades da gestão escolar. Além de contribuir para um convívio harmonioso, a boa comunicação interna garante que os processos ocorram como previstos, promovendo produtividade e eficiência.

A comunicação com os pais e responsáveis se faz crucial, sobretudo em escolas de educação básica. A família precisa estar próxima do convívio escolar para ajudar a oferecer a melhor educação possível para o aluno. Isso aumenta consideravelmente a confiança deles na instituição, consequentemente colaborando para a retenção de alunos.

Gestão de recursos humanos

Cabe à gestão escolar manter a equipe e os alunos engajados nos processos da instituição, sempre no clima de respeito e cooperação.

Além disso, é fundamental saber mediar conflitos e direcionar os membros da comunidade escolar para que possam superar seus erros. Parabenizar os acertos também é importante, pois serve como estímulo, sobretudo, para a equipe que trabalha na escola.

A gestão escolar também precisa zelar pela qualidade nas condições de trabalho e identificar eventuais necessidades de melhoria, a fim de garantir que a instituição esteja em constante aprimoramento em relação ao atendimento aos alunos, pais e responsáveis. Funcionários satisfeitos entregam sempre um serviço melhor.

Gestão de processos

Essa questão é absolutamente central dentro da gestão escolar. É preciso estar atento a todos os processos que são utilizados no funcionamento e nas atividades escolares para garantir que sejam eficientes. Caso contrário, provavelmente aparecerão problemas que afetarão toda a instituição e comprometerão o serviço que ela oferece.

Nesse caso, o gestor precisa buscar alternativas e soluções para corrigir as falhas encontradas. Além disso, é muito válido estar sempre atento ao que o mercado está oferecendo e às práticas adotadas em outras escolas.

A melhoria constante nos processos internos deve fazer parte do plano de desenvolvimento da instituição e é essencial para o seu crescimento, uma vez que tem impacto direto na satisfação dos alunos, pais e responsáveis.

Como melhorar os processos da gestão escolar?

Gestão escolar do futuro: como preparar sua escola?| Sponte

A melhoria dos processos escolares passa por uma série de etapas. E é nesse momento que o planejamento fala mais alto. É preciso paciência e determinação por parte do gestor, pois muitos resultados só aparecerão a médio e longo prazo.

O primeiro passo para isso é identificar possíveis falhas e erros nos processos. Após identificados, é hora de buscar as melhores soluções para eles, levando em conta o contexto da escola e suas possibilidades.

Corrigidas as falhas, é hora de buscar aprimoramento: observar quais processos podem ser melhorados a partir de aspectos como economia de tempo, produtividade, praticidade e autonomia dos colaboradores.

Lembre-se de que as atividades da escola podem estar setorizadas, mas todos precisam atuar em harmonia. Ou seja, é preciso buscar processos que facilitem o trabalho da equipe levando em conta o compartilhamento de informações e a cooperação entre todos.

Para tudo isso, a tecnologia é uma aliada poderosa. Um sistema de gestão escolar que integre todas essas funcionalidades de maneira digital, certamente, oferece mais agilidade, praticidade e segurança nos processos da gestão escolar.

O mais importante nessa questão é buscar um sistema que seja completo, descomplicado e que esteja alinhado com o futuro da educação e da gestão educacional.

Entre em contato conosco e saiba como o Sponte atende a todos esses requisitos e te ajudará a preparar sua gestão escolar para o futuro.

Quer saber mais sobre quais são os desafios e as possibilidades para a gestão escolar do futuro? Então confira nosso eBook! Te ajudaremos a enfrentar os obstáculos e ter uma gestão escolar mais produtiva: 

CTA

compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on google
Gerente de Produto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *