Projeto Político Pedagógico: sua escola já possui?

Por Marketing em 13 de fevereiro de 2020.

O Projeto Político Pedagógico (PPP) de uma escola é um documento muito útil para o planejamento de atividade de uma escola.

Ele é desenvolvido de forma coletiva dentro da escola e tem como finalidade orientar os trabalhos do ano letivo a partir dos objetivos da escola.

Com o PPP, a escola planeja a maneira como vai ensinar seus conteúdos e como pretende formar seus alunos como cidadãos responsáveis.

E você? Já fez o Projeto Político Pedagógico 2020 para sua escola ou colégio?

Continue lendo para aprender mais sobre o PPP, sobre como planejar ou aperfeiçoar o seu e também como alinhar o seu Projeto à nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

O que é e qual a importância Projeto Político Pedagógico?

A grande função de uma escola ou colégio é a formação de seus muitos alunos.

No entanto, ao trabalhar com a educação, você percebe que essa formação pode ser feita de várias formas diferentes, não é?

É aí que entra o Projeto Político Pedagógico (PPP) – também conhecido simplesmente como Projeto Pedagógico (PP).

Ele funciona como um conjunto de orientações que definem como a escola pretende alcançar a formação de seus alunos.

Essas orientações devem ser seguidas por toda a equipe da escola, para formar um trabalho conjunto que busque alcançar esse objetivo.

Para conseguir isso, o PPP define qual a missão da escola e também qual será a metodologia de ensino a ser utilizada. 

Ele deve ser acessível e levar em consideração a realidade social, cultural e econômica de onde a escola está inserida e também de seus alunos.

Assim, ele servirá como um guia de trabalho para a comunidade escolar.

Como resultado, é o PPP que resulta na imagem que a equipe escolar, os alunos, os pais e também o público vão ter da escola.

Por isso mesmo ele demanda muito cuidado e deve conter itens como:

Identificação da escola

Simplesmente o nome, endereço, CNPJ e outros dados jurídicos e institucionais da escola, além do nome da equipe responsável.

Missão

Um ponto chave do seu PPP é definir quais são os princípios que regem a sua escola.

Que tipo de alunos você quer formar? É isso que deve ser apresentado na sua Missão.

Realidade dos alunos

Um PPP completo deve compreender a realidade dos estudantes e de suas famílias.

Qual sua classe social? Como eles vão até a escola? 

Dados como esse ajudam a orientar o trabalho da escola e ainda permitem saber em que quesitos a escola deve investir para garantir uma formação de qualidade e uma boa experiência para cada um de seus alunos.

Dados de ensino e aprendizagem

Um panorama de como está o ensino na escola ajuda no planejamento dos próximos anos da instituição.

Os dados relevantes incluem número de alunos, taxa de reprovação e média de notas.

Recursos disponíveis

É preciso também considerar a estrutura física, o quadro de funcionários, a equipe, os equipamentos e as tecnologias disponíveis. Em suma, os recursos com os quais a escola conta. 

Com isso, a equipe saberá quais as possibilidades e limitações da escola.

Diretrizes pedagógicas

Esse trecho é essencial – a partir da sua missão, qual é o conteúdo e o método de ensino que vocês pretendem aplicar na sua escola?

A partir do momento em que a lei da Base Nacional Comum Curricular entrar em vigor, as diretrizes devem seguir algumas orientações da BNCC.

Ainda assim, as escolas e colégios possuem autonomia para os detalhes de seu currículo.

Plano de ação

Com todas essas informações a escola pode elaborar o seu plano de ação – as estratégias de como implantar os objetivos e a missão da instituição.

Para ajudar, é importante alinhar prazos, encarregar tarefas e já encaminhar os recursos.

Com tudo isso, sua escola ou instituição de ensino pode organizar o planejamento de aulas, preparar e alocar os recursos necessários, e ainda garantir que o projeto seja produtivo e conquiste os resultados esperados: Formar seus alunos da melhor forma possível.

É obrigatório ter um PPP?

Desde a instituição da Lei de Diretrizes e Bases, de 1996, toda instituição de ensino do Brasil deve ter um PPP.

Mas a ideia nasceu antes – já estava incluída na Constituição de 1988, com a intenção de estabelecer uma gestão democrática da educação, com o objetivo de que ela servisse à formação de cidadãos responsáveis.

A obrigatoriedade foi instituída para que toda escola envolva sua comunidade escolar no processo educacional.

Quem deve elaborar o Projeto Político Pedagógico?

A responsabilidade sobre o Projeto Político Pedagógico de uma escola ou colégio costuma recair sobre o diretor.

É ele ou ela que deve garantir que tudo ocorra da melhor maneira possível, e ainda redigir e divulgar o PPP depois de pronto.

No entanto, a preparação de um PPP não pode ser coisa de poucas pessoas.

Apesar da responsabilidade maior ficar com o diretor, a elaboração deve sempre ser feita em conjunto pela comunidade escolar.

Por isso, professores, equipe pedagógica, colaboradores, alunos e até pais de alunos devem estar envolvidos.

Isso tem o objetivo de garantir que o seu PPP atenda as demandas variadas que podem existem na escola.

Cada instituição pode definir a maneira que prefere elaborar o seu PPP.

Algumas formam um conselho escolar, outras realizam plenárias e votações. 

O importante é garantir que todos tenham sua voz ouvida no processo.

Como se planeja um Projeto Político Pedagógico?

Sabendo quais são as informações necessárias e quem deve estar envolvido no projeto, podemos passar para a parte prática. Afinal, como planejar o PPP da sua escola ou colégio?

Para facilitar o processo, siga etapas organizadas que permitam alcançar o objetivo!

Confira nossa dica:

Elabore os objetivos

Junto da comunidade escolar, pense em qual será a missão e os objetivos da escola. 

A partir dessa primeira deliberação, deve-se buscar responder algumas perguntas, como:

  • Que tipo de alunos a escola quer formar?
  • Quais são os princípios que regem a escola?
  • Qual taxa de aprovação a escola espera ter?
  • Há prêmios que a escola busca conquistar?
  • Como é a identidade que a escola quer construir?
  • Que desafios a escola deve superar?

Algumas das perguntas escolhidas podem ser inclusive enviadas para toda a comunidade escolar – inclusive os pais dos alunos. Isso permite melhor planejamento de acordo com os interesses de todo o grupo.

Organize um diagnóstico da realidade escolar.

Para chegar a bons resultados, é preciso saber muito bem qual a realidade de sua escola. 

É preciso definir uma equipe para levantar números e estatísticas, como média de notas, taxa de aprovação, taxa de desistência, entre outros.

Um diagnóstico dos recursos disponíveis e também da realidade dos alunos e seu contexto familiar também deve acontecer neste momento, para permitir os próximos passos.

Estruture diretrizes pedagógicas e o plano de ação

Com os objetivos e os dados da escola e do contexto, é possível partir para a deliberação de como alcançar a missão.

Com assembleias deliberativas, discussões ou pesquisas, é possível lançar mão de todos os dados para chegar na definição: Quais serão as diretrizes pedagógicas e qual o plano de ação para conquistar os objetivos?

O que o BNCC muda no PPP

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) estipulou novas orientações para a Educação Básica no Brasil todo. 

Portanto a organização do Planejamento Político Pedagógico deverá envolver as competências discutidas no BNCC.

Ou seja, a escola deve identificar quais são as competências que devem ser desenvolvidas, considerando a atuação que a escola já têm dentro dos campos mencionados.

Por isso vale a pena conhecer bem a nova Base para poder trabalhar a partir das necessidades recomendada a partir dela.

Tanto o gestor escolar quanto a equipe devem estar bem informados sobre o BNCC para poder utilizar suas normativas para encaminhar o processo do PPP.

Principais erros na elaboração do PPP

Vimos a importância do PPP e também a forma de construí-lo junto da comunidade escolar.

No entanto ainda há erros muito comuns que devem ser evitados.

Confira o que evitar quando preparar o PPP da sua escola:

Usar uma linguagem muito técnica

O Planejamento Político Pedagógico deve ser acessível para toda a comunidade escolar que ajudou na sua composição. 

Por isso a linguagem utilizada deve possível de leitura por todos.

Quando houver necessidade de termos técnicos, é interessante traduzi-los ou explicá-los, para que toda a comunidade escolar possa estar por dentro.

Deixar parte da comunidade de fora

O objetivo do PPP é unir a comunidade escolar para definir os rumos da instituição.

Sem a comunidade, o planejamento perde a razão de ser.

Deixar para última hora

Tudo que é feito com urgência acaba perdendo parte de sua qualidade.

Se o seu PPP for feito em cima da hora, a tendência é que parte da comunidade não seja consultada, para agilizar o processo. Isso prejudica o resultado do PPP.

Definir uma missão confusa 

A missão da escola precisa ter relação com a realidade escolar.

Por isso, busque metas possíveis e uma missão que faça sentido e possa ser alcançada pelo seu planejamento.

Ignorar diretrizes oficiais

Sua escola tem autonomia ao definir suas diretrizes. No entanto, ignorar as diretrizes oficiais na hora de criar o seu PPP vai afastar sua escola do que está sendo feito no País.

Quando surgirem exigências envolvendo as diretrizes oficiais – principalmente agora, com a nova Base Nacional Comum Curricular – o seu PPP vai acabar perdendo parte de sua relevância.

Tratar o PPP como burocracia

O PPP é algo essencial para a sua escola, que envolve a comunidade e permite buscar resultados conjuntos.

Se ele for tratado como uma obrigação desnecessária, a interação com a comunidade não vai acontecer, o resultado vai ser esquecido e a oportunidade de transformar sua escola vai se perder.

Para todas as suas dúvidas e necessidades de gestão, conte com o Software de Gestão Educacional Sponte.

 

Marketing / Analista de Marketing

Atualmente é Analista de Marketing, com mais de 04 anos de experiência na área da comunicação, faz parte do time da Sponte há 1 ano.