Entenda o que é STEAM e como aplicar esse conceito na escola

Entenda o que é e como funciona essa metodologia que esta bastante presente na educação 4.0 e pode ajudar bastante em seu planejamento

Por Sponte em 23 de outubro de 2018.

Em tempos de inovações na educação, diversas escolas do mundo todo estão implementando em suas rotinas algumas das principais metodologias de ensino que estão surgindo com base na tecnologia e na mudança em relação ao aprendizado dos estudantes. Uma dessas metodologias é o STEAM – Science, Technology, Engineering, Arts and Mathematics –, conceito que está mudando a maneira que as crianças e os jovens aprendem.

O termo STEM (Science, Technology, Engineering, and Mathematics) existe desde meados do século passado e foi desenvolvido por pesquisadores e estudiosos norte-americanos no intuito de formar pessoas com variadas capacidades para executarem as novas demandas do mercado de trabalho. Com a diferença de não abordar a Arte – e por esse motivo não conta com o A em sua sigla – o STEM já foi implementado em escolas e faculdades de diversos países.

Mais recentemente, nas últimas décadas, o conceito STEAM surgiu com a diferença de que, agora, contempla a área de Arte a fim de trazer uma nova abordagem para o pensamento cientifico, já que nesse conceito a Arte engloba a linguagem, o design, a arquitetura, a música, entre outras áreas que permitem a expressão criativa.

O que é STEAM

STEAM é uma inovadora metodologia que mistura conceitos de Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática para trabalhar essas diferentes áreas de uma maneira conjunta no desenvolvimento de um mesmo projeto. O STEAM está bastante presente na Educação 4.0 por ser uma maneira de colocar o aluno como protagonista de seu próprio aprendizado.

Um dos objetivos desse conceito é formar indivíduos que possuam conhecimentos de diversas áreas de Exatas e de Humanas, além de prepará-los para se tornarem cidadãos capacitados para os desafios do futuro e para estarem de acordo com as competências exigidas pelo século XXI, como criatividade, autonomia, responsabilidade, pensamento crítico, habilidade para trabalhar em equipe e estrutura emocional para tomar decisões.

Através da aplicação do STEAM, os alunos podem colocar a mão na massa e aprender fazendo, ajudando-os a lidar com erros e acertos. É uma maneira de propor que trabalhem em equipe na resolução de problemas envolvendo as áreas identificadas por esse conceito. O aluno tem a oportunidade de aprender de forma autônoma ao ter a liberdade de construir protótipos e realizar outras criações.

Além disso, é uma forma de viver na prática o pensamento científico, porém analisando os problemas de uma forma reflexiva e criativa. Assim, os estudantes reconhecem a importância do aprendizado, já que estão fazendo algo de que gostam em vez  de apenas assistir uma aula expositiva tradicional.

Como aplicar esse conceito em sua escola

O gestor e a equipe pedagógica de uma escola podem aplicar o STEAM de diferentes maneiras e em conjunto com as práticas tradicionais de ensino. Confira a seguir quais são as principais formas de trabalhar esse conceito em sua escola.

Jogos educativos podem estimular a tomada de decisões responsáveis ao fazer com que um aluno precise solucionar problemas para avançar de fases e resolver o jogo;

– A inclusão de aulas de Robótica no currículo escolar é uma maneira de possibilitar que os estudantes tenham uma aula dedicada para executar a criação de protótipos ao unirem aprendizados de diferentes disciplinas;

Feiras de ciências permitem que os alunos se dediquem no desenvolvimento de projetos criativos e os apresentem para suas famílias e para a comunidade escolar. Além disso, é uma maneira de estimular os estudantes a trabalharem em conjunto, participando de novas experiências escolares;

– Ao desenvolver um conteúdo curricular mais flexível, a equipe pedagógica possibilita o ensino interdisciplinar, menos segmentado e mais completo.

-Contar com uma infraestrutura com tecnologia é o ideal para aplicar a metodologia STEAM em sua escola, já que é uma maneira de melhorar o ensino dos alunos.

Você, gestor, já conhecia o conceito STEAM? Como essa questão é trabalhada em sua escola? Conte para nós nos comentários abaixo.

Conte sempre com o Sponte, seu Software de Gestão Educacional.

Sponte /