4 passos para tornar seu aluno o protagonista do próprio aprendizado

Aprenda como tornar seu aluno um grande protagonista do ensino de sua instituição e melhore o processo de ensino-aprendizagem.

Por Cristopher Morais em 27 de julho de 2020.

A educação no Século XXI não está mais pautada em apenas transmissão de informação e conteúdo. As aulas, em algumas escolas, já não acontecem da mesma maneira que anos atrás, quando o professor era o protagonista e tinha o maior tempo de fala. 

Os avanços tecnológicos e, consequentemente, a mudança das necessidades dos indivíduos e do mercado de trabalho fazem com que o processo de ensino-aprendizagem se transforme cada vez mais. 

O caminho tomado nos últimos anos vai na direção de uma aprendizagem autônoma e colaborativa por parte do aluno.

Tornar o aluno protagonista de seu próprio aprendizado fica mais fácil quando se utilizam metodologias ativas. 

Nesse contexto, muitas instituições de ensino estão em busca de transformar seu espaço e metodologias de ensino. E nós da Sponte, trouxemos alguns passos que te ajudarão nesse processo. Confira!

1. Invista no uso de tecnologia no ambiente escolar

4 passos para seu aluno ser protagonista do próprio aprendizado | Sponte

Todos sabemos que a internet agrega uma infinidade de informações, que são acessíveis a qualquer pessoa e que o aluno pode estudar sobre determinado assunto de onde quiser. 

Assim, a escola passou a ter o papel fundamental, nesse aspecto, de ensinar e orientar o aluno a adquirir seu próprio conhecimento.

Nesse sentido, o papel da escola está em ensinar o aluno a aprender – mostrar para ele como buscar informações e conteúdos em fontes seguras, confrontar o conhecimento adquirido com a realidade, analisar as informações e os contextos e, assim, ter um pensamento crítico acerca daquele assunto aprendido.

Para que tudo isso seja possível, se torna necessário que a escola tenha aparatos tecnológicos à disposição de seus colaboradores e alunos. Essas ferramentas vão possibilitar a busca por conhecimento e pela aprendizagem autônoma. Por isso, investir em tecnologias é fundamental!

Adeque sua estrutura disponibilizando salas de aula com computadores e projetores para os professores e laboratório de informática para os alunos. 

Além disso, permita que os estudantes tragam para a escola dispositivos móveis – como tablets e celulares – para realizar pesquisas rápidas em sala e ter acesso à agenda. 

Também é possível contar com a gamificação – utilização de elementos de jogos no aprendizado -, aulas EAD por plataformas específicas e muito mais.

Ainda, disponibilize um bom sinal de internet para que todos possam acessar a rede dentro dos espaços da sua escola! 

2. Conheça e aposte em novas metodologias pedagógicas

A internet trouxe diversas possibilidades para adquirir novos conhecimentos e habilidades também para os docentes. 

Hoje encontram-se disponíveis, e de forma bem explicativa, diferentes metodologias pedagógicas que contribuem com o aprendizado autônomo dos alunos – como a sala de aula invertida e o ensino híbrido. 

Ambas se tratam de metodologias ativas que, além de tornarem o aluno protagonista, também fazem com que a aula se torne muito mais dinâmica, prendendo a atenção da turma!

Investir nessas metodologias significa melhorar a experiência do aluno em sua escola. Situação que destaca a escola perante o mercado e também fideliza alunos e suas respectivas famílias. 

3. Promova diversas atividades em grupo

O uso da tecnologia como aliada é muito importante para a aprendizagem autônoma. Mas, além disso, ela é fundamental para promover a socialização e a troca de ideias entre os estudantes.

Realizar atividades em grupos e intermediar diálogos e tarefas, visando a troca de conhecimento e de opiniões dos estudantes, são outras ótimas maneiras de transformar o espaço escolar e promover uma aprendizagem autônoma e colaborativa.

Estimule seus alunos a trazerem temas importantes  e atuais para serem discutidos em aula e disponibilize um espaço aberto para o debate.

Mas isso não precisa acontecer apenas em sala de aula. Propor trabalhos em grupo extraclasse também é importante.

As tecnologias disponíveis e o acesso à internet tornam isso possível. Portanto, essa metodologia e esse formato de aprendizado também devem ser explorados pelo professor. 

4. Promova eventos e debates em que os alunos tenham, preponderantemente, a voz

4 passos para seu aluno ser protagonista do próprio aprendizado | Sponte

Este tópico complementa o anterior, pois destaca o quanto é importante fomentar o pensamento crítico e o debate de ideias entre alunos em uma mesma sala e até de séries diferentes. Essa é uma das tarefas mais importantes da escola: promover o aprendizado através da socialização de ideias. 

O aluno também é um indivíduo da sociedade e, como tal, deve pensar nela de forma crítica, buscando entender os problemas e tendo ideias para solucioná-los.

Nesse sentido, é importante promover eventos e debates em que os alunos tenham voz, conversem entre si e se sintam confortáveis em compartilhar ideias e opiniões. Dessa forma, a escola cumpre com seu papel e promove um aprendizado autônomo, colaborativo e crítico.

Além do aluno se tornar protagonista de seu aprendizado, ele aprende a socializar, percebe que existem opiniões diferentes sobre um mesmo assunto e compreende que precisa respeitar as diferenças. 

Conte com as diretrizes da BNCC

Não se trata apenas de tornar seus alunos protagonistas do aprendizado através das metodologias ativas. Também é preciso estar atento aos assuntos que devem ser citados em cada série. Isso pode ser conferido nas diretrizes da BNCC (Base Nacional Comum Curricular).

Existem demandas diferentes para educação infantil e educação básica. O documento da BNCC destaca as diferenças e prioridades que devem ser levadas em conta para cada série.

Sua escola já conhece todas as demandas da Base Nacional Comum Curricular? Se a resposta para essa pergunta for não, confira nosso eBook gratuito e saiba tudo sobre o assunto: 

Cristopher Morais / Gerente de Produto

Atualmente é Gerente de Produto, com mais de 10 anos em experiência soluções inteligentes na área da educação, faz parte do time da Sponte há 13 anos.