Como organizar uma reunião pedagógica eficiente?

Por Marketing em 17 de fevereiro de 2020.

Todo gestor de escola sabe da importância das reuniões pedagógicas para o bom funcionamento do ano letivo.

São elas que vão permitir traçar metas, planejar ações e acompanhar o desenvolvimento do ensino dentro da sua instituição.

No entanto, gestores também sabem o quanto o seu tempo é precioso.

Perder tempo em reuniões pouco produtivas não pode ser uma opção na sua gestão educacional!

Por isso, reunimos aqui algumas informações e dicas para fazer suas reuniões de planejamento serem cada vez mais produtivas!

Vem com a gente?

O que é uma reunião pedagógica?

No início ou durante o ano letivo, professores, direção e coordenadores se encontram em vários momentos para acompanhar o andamento do ensino e discutir a gestão escolar.

Esses encontros são conhecidos como reuniões pedagógicas, ou reuniões de planejamento.

É nesses momentos que a equipe escolar vai analisar os planos de aula e conferir se as metas e orientações do Projeto Político Pedagógico (PPP) estão sendo seguidas de forma satisfatória.

Além disso, as reuniões também servem como forma de formação continuada dos profissionais do ensino, mantendo o conhecimento sempre atualizado.

Importância da reunião pedagógica

As reuniões pedagógicas são essenciais para o bom andamento da gestão escolar.

Um de seus objetivos principais é a formação continuada dos profissionais – tanto professores quanto gestores.

Essa formação reflete na gestão escolar e também na própria sala de aula.

Um professor em constante formação vai levar essas informações para seus alunos e enriquecer suas aulas.

Junto com isso, promover a formação e o conhecimento ainda promove o engajamento dos professores – não apenas no início do ano, mas também os mantém engajados durante o ano letivo.

É também através da reunião pedagógica que os gestores conseguem manter o diálogo com os professores, analisar o andamento do ano letivo e conferir a aplicação do currículo escolar. 

Afinal, um ponto central para manter o andamento do Projeto Político Pedagógico é ter um contato continuado com as etapas do aprendizado, a fim de analisar o cumprimento de metas e da missão da escola. 

Isso é ainda mais importante hoje em dia, com a implantação da nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que dá orientações pedagógicas a serem seguidas nas escolas de todo o Brasil.

Constantemente conversar com os professores – através da reunião pedagógica – permite acompanhar de perto a implantação da nova BNCC, já que os docentes são os principais responsáveis por colocarem  as orientações em prática dentro da sala de aula.

A reunião ainda permite planejar ações em conjunto dentro da escola, que vão integrar professores, gestores e alunos. Tudo em prol de uma formação mais completa.

Também permite analisar o que foi feito até então. Isso dá uma visão dos projetos que deram ou não deram certo, facilitando novos planos para o futuro.

Tudo isso, quando feito de forma democrática, unindo de fato a comunidade escolar, aumenta a integração e o companheirismo em busca da conquista dos objetivos delineados no PPP escolar.

Quem deve organizar a reunião?

A organização da reunião pedagógica costuma ficar a cargo, principalmente, dos diretores e coordenadores. 

Para iniciar, é ideal dividir as responsabilidades e definir quem fará cada parte. Isso deve estar claro já no momento de planejamento, permitindo uma organização mais eficiente.

Por exemplo, o diretor pode discutir questões mais macro, como horários e verbas para projetos.

O coordenador, por outro lado, pode levar à reunião os temas mais relevantes de formação e a forma de abordar o acompanhamento pedagógico – com atenção especial à BNCC.

Como planejar sua reunião pedagógica

Para garantir que a sua reunião pedagógica seja eficiente, é preciso organizá-la previamente, definindo pautas a serem discutidas. Isso garante que a reunião seja produtiva e não pareça uma perda de tempo para a equipe e para os próprios gestores.

Veja a seguir 5 dicas de como preparar a sua reunião de planejamento:

  • Identifique as demandas da escola

Não faz sentido executar uma reunião pedagógica sem relação nenhuma com a realidade. 

Demandas inventadas sem base, tiradas da internet ou de algum manual muitas vezes acabam apresentando pouca aplicação frente à realidade da escola e causam perda de tempo e recursos na gestão escolar.

Por isso, a reunião pedagógica deve estar conectada à realidade da escola. 

Assim, é papel do gestor buscar um diagnóstico da situação escolar, das demandas dos professores e alunos e também das dificuldades encontradas em sua escola ou colégio.

Só a partir disso é possível planejar uma pauta que faça a reunião realmente ser relevante e eficiente para a gestão educacional.

  • Busque a participação de todos

É difícil conseguir a participação de todos em uma reunião pedagógica – ainda mais se a escola for grande. 

Ainda assim, esse é um objetivo a ser buscado sempre. Uma participação parcial da equipe causa uma evolução desigual no planejamento e dificulta a troca de experiências.

Por isso, busque fazer com que todos os professores estejam presentes e possam participar do crescimento da sua escola.

  • Defina a pauta da reunião

Quem gosta de reuniões infrutíferas? É muito frustrante ocupar seu tempo com uma reunião que só serve para marcar novas reuniões.

Por isso, apesar de a reunião pedagógica ser um espaço para construir pautas em conjunto, o gestor deve ter objetivos claros antes de reunir a equipe escolar, já que uma reunião sem uma pauta acaba em bagunça e pouca produtividade.

Para conseguir isso, ele precisa ter identificado as demandas da escola.

Com elas, o gestor consegue definir pautas essenciais que dialoguem com a necessidade de cada um, e ainda dá espaço para o crescimento conjunto da discussão.

  • Capriche no pontapé inicial

É muito interessante dar o pontapé inicial da reunião com algo inspirador! Por isso, planeje um café da manhã, uma música, um vídeo, uma dinâmica – algo de positivo para que os professores e a equipe pedagógica se sintam incentivados a realmente participarem da reunião e compartilharem suas ideias.

  • Defina uma pauta anual

A partir da primeira reunião do ano, é possível ainda demandas tanto de gestão quanto de formação para elaborar uma pauta do ano todo.

Essa pauta pode sofrer alterações de acordo com os acontecimentos, mas ela já serve como um norte para ajudar a programar as reuniões seguintes, dando clareza a quais demandas devem ser atendidas e que tipo de formação pode ser aplicada.

Essa pauta deve ser objetiva e concisa! Também precisa ser coerente com as necessidades da escola e com as demandas e objetivos levantados na primeira reunião. Nada de grandes planos mirabolantes!

Uma pauta anual ainda permite criar um plano de progressão na formação dos professores.

Uma formação realmente continuada, que realmente mostre uma evolução no decorrer do ano, incentiva os participantes a darem o melhor de si.

Junto da pauta, marque também um calendário conjunto para as próximas reuniões.

Assim você garante a participação da maioria da equipe – algo fundamental para o desenvolvimento pedagógico da escola.

Diferenças entre reunião pedagógica, semana pedagógica, PPP e BNCC

O que reuniões pedagógicas, semanas pedagógicas, Projeto Político Pedagógico e Base Nacional Comum Curricular tem a ver? Tudo!

Esses quatro elementos da gestão escolar devem sempre ser trabalhados em conjunto para o bom desenvolvimento da sua instituição.

No entanto, é preciso saber as diferenças, para que cada um receba a atenção devida!

  • Reunião Pedagógica

Como visto, são encontros da equipe escolar – diretores, coordenadores e professores – para formação docente, acompanhamento das metas e discussão da gestão.

Podem ser feitas durante todo o ano letivo, com bastante periodicidade, para garantir uma formação continuada.

  • Semana Pedagógica

Também conhecida como Jornada de Planejamento, a Semana Pedagógica acontece sempre no início do ano, antes do começo das aulas.

São dias de reuniões, envolvendo equipe técnica, gestores e professores, para garantir o bom desenvolvimento escolar durante o ano.

  • Projeto Político Pedagógico

O PPP é um documento construído em conjunto pela comunidade escolar definindo a missão da instituição, seus objetivos, planos educacionais e diretrizes pedagógicas.

Ele funciona como uma base para todas as ações escolares e deve conter dados sobre a realidade da comunidade escolar, para garantir que as demandas reais sejam atendidas dentro de toda etapa do planejamento.

  • Base Nacional Comum Curricular

A BNCC é um documento nacional, criado com o objetivo de transformar a educação básica brasileira.

É repleto de orientações pedagógicas voltadas a formar a base de sustentação da qualidade da educação no País inteiro.

Conte com o Software de Gestão Educacional Sponte para todas as suas necessidades de gestão escolar! Entre em contato com a gente!

Marketing / Analista de Marketing

Atualmente é Analista de Marketing, com mais de 04 anos de experiência na área da comunicação, faz parte do time da Sponte há 1 ano.