Por Cristopher Morais, 28 de abril de 2022
Tempo de leitura: 7 minutos

Professores e gestão escolar: entenda como fortalecer esse vínculo

Professores e gestão escolar devem estabelecer um vínculo de confiança para a escola ter sucesso. Confira dicas de como fazer isso.

capa

Faz toda a diferença em uma escola quando um professor e gestão escolar estão alinhados

Por isso, um dos principais deveres de um diretor é fornecer suporte contínuo e colaborativo aos educadores. A relação entre professor e gestão escolar deve ser construída sobre uma base de confiança. 

Isso pode ser feito com a dedicação de um tempo para conhecer os pontos fortes e fracos de cada docente, além de uma série de ações que tornam o trabalho mais satisfatório e mantêm os professores engajados. 

Leia mais: Gestão escolar: guia completo para o sucesso da escola

Além disso, os diretores e diretoras devem saber que uma gestão escolar de qualidade é aquela que faz mudanças significativas ao longo do tempo, sempre considerando a contribuição dos professores. 

Entre essas mudanças, existem aquelas focadas exatamente em tornar o trabalho docente mais leve e aperfeiçoado. Por isso, selecionamos sete sugestões para a gestão escolar ganhar a confiança dos professores e fornecer a eles apoio contínuo e colaborativo.

Olha só tudo que você vai encontrar por aqui: 

A importância da gestão escolar trabalhar ao lado dos professores
A equipe docente deve trabalhar em grupo
A gestão escolar deve dar apoio psicológico à equipe de professores 
A capacitação de professores deve ser sempre prioridade 
As avaliações de professores devem ser significativas
O aconselhamento, direção e assistência devem ser frequentes por parte da gestão escolar
A adesão ao sistema de gestão escolar beneficia os professores

Professores e gestão escolar: aprenda a melhorar esse vínculo | Sponte

A importância da gestão escolar trabalhar ao lado dos professores

Um dos motivos pelos quais professores e gestão escolar devem trabalhar de maneira alinhada é que, quando os diretores não apoiam os professores, a escola como um todo não vai funcionar como deveria, de forma comprometida com a cultura escolar. 

No mesmo compasso, quando um diretor não reconhece a importância da colaboração dos professores na gestão escolar, a confiança pode ser perdida. 

Esse cenário é bem prejudicial, porque um relacionamento ruim com os professores pode fazê-los questionar o sentido de permanecer na escola, talvez até o suficiente para desistir. Os principais afetados com isso são os alunos, que perdem em aprendizado.

Leia mais: Qual é o papel da escola na sociedade?

Quando a equipe não se sente segura ou apoiada, os professores ficam tensos e com medo. E, claro, os alunos sentem isso, inclusive na qualidade das aulas. 

Então, como você, gestor, pode ajudar os professores para que eles possam ser excelentes para os alunos e confiem no seu trabalho?

Veja algumas dicas: 

A equipe docente deve trabalhar em grupo

As escolas têm o costume de estimular o trabalho em equipe, principalmente para que os alunos estejam preparados para o mundo, onde terão que trabalhar com outras pessoas.

Mas, infelizmente, as próprias instituições não colocam o trabalho colaborativo em prática, apesar de incentivar isso nos estudantes. 

O que acontece em algumas escolas é que os professores nem sempre conseguem trabalhar de maneira colaborativa entre si, seja por falta de projetos que incentivem isso ou por ausência de organização escolar. 

Leia mais: 10 projetos inspiradores de educação para o seu ano de gestão educacional

Uma das formas de aproximar a gestão escolar dos professores é promover que os educadores trabalhem juntos de maneira colaborativa. Com projetos, reuniões frequentes e acompanhamento próximo, os docentes compartilharão entre si, e também com você, as melhores práticas e histórias de sucesso em salas de aula. 

Leia mais: Como elaborar um projeto político-pedagógico de forma estratégica

Professores e gestão escolar: aprenda a melhorar esse vínculo | Sponte

A gestão escolar deve dar apoio psicológico à equipe de professores 

Sabemos que o dia a dia do professor pode ser bem estressante, principalmente quando ele precisa lidar com indisciplina em sala de aula. Por isso, sua escola deve contar com um atendimento psicológico disponível para atender os professores sempre que eles precisarem de ajuda. 

Leia mais: Mindfulness e inteligência emocional: por que professores e gestores precisam disso?

O atendimento pode ser feito através de reuniões individuais ou em grupo. Isso depende do tamanho de sua equipe e da necessidade de apoio de cada um. 

Também é importante compreender que, quando há um problema de saúde relacionado ao mental, é um processo longo de recuperação. Isso pode ser potencializado ainda mais por conta dos dois anos difíceis de pandemia até agora.

Leia mais: Os desafios dos professores após um ano de ensino remoto

De toda maneira, é imprescindível que exista uma comunicação clara entre os professores, o psicólogo e a gestão. Assim, ficará mais fácil mensurar a situação e tomar as decisões certas que ajudem a escola, seu corpo docente e ainda melhorem o processo de ensino-aprendizagem do aluno.

CTA

A capacitação de professores deve ser sempre prioridade 

Como você deve saber, a educação é um processo sem fim, principalmente para quem trabalha com ensino. Não se pode parar depois de obter um diploma e iniciar uma carreira. 

Por meio da educação continuada, os professores podem melhorar constantemente suas habilidades e se tornar mais proficientes em suas metodologias de aula

Leia mais: 4 maneiras para motivar a formação continuada do corpo docente de sua escola

Por esse motivo, é fundamental que os diretores escolares incentivem os professores a buscar o desenvolvimento profissional, não apenas para garantir o excelente aprendizado dos alunos, mas também para serem mais satisfeitos em vários outros aspectos de suas vidas profissionais.

Além disso, quando o tema é educação, é importante nunca parar no tempo. Por meio do desenvolvimento profissional, os professores podem voltar para a sala de aula e fazer mudanças em sua didática e deixá-la mais próxima da escola do futuro, para melhor atender às necessidades de seus alunos, que estão cada vez mais ligados ao digital.

Leia mais: Transformação digital na educação: como implementar nas escolas?

Por fim, essa dica também está relacionada com a anterior, acerca da saúde mental de professores. É fácil para os docentes ficarem sobrecarregados com a rotina de ensinar, depois de uma semana com mais de 20 aulas. 

A capacitação profissional dá a oportunidade de sair da rotina — eles podem ser o aluno em vez do professor. Isso pode ser uma experiência incrível, inclusive para incentivar a mudança nas metodologias de aula.

Além de tudo isso, os educadores mantêm-se engajados porque sentem que estão recebendo a ajuda profissional de que precisam para serem melhores em suas aulas. 

Essa atenção com os docentes vai fortalecer seu relacionamento com eles, porque vai mostrar que você se preocupa com o desenvolvimento de cada profissional, não apenas com os resultados que podem oferecer.

Por fim, uma dica extra é que, como diretor escolar, você mesmo se proponha a ministrar palestras ou cursos de capacitação para os professores que desejam aprender sobre liderança e gestão, caso planejem se tornarem líderes no futuro.

Professores e gestão escolar: aprenda a melhorar esse vínculo | Sponte

As avaliações de professores devem ser significativas

As avaliações de professores devem ser ferramentas que mostram a um docente onde ele está em seu desenvolvimento profissional, com o intuito de movê-lo em uma direção de melhoria. 

Sabemos que essa tarefa pode ser complexa, porque a gestão escolar e professores podem ter pouco tempo disponível para isso. 

Leia mais: O sucesso da gestão escolar depende de você: saiba como potencializar a escola

Mas, mesmo com pouco tempo, é importante priorizar uma avaliação significativa aos educadores, a partir de informações coletadas através de muitas visitas à sala de aula e um acompanhamento bem próximo. 

Essa é uma forma de fortalecer o relacionamento com o docente e também garantir que o ensino está andando de maneira alinhada com a cultura de aprendizagem da escola. 

Além disso, com uma avaliação bem feita, de forma justa e empática, os professores também se sentirão mais seguros para conversar com você sobre os problemas que enfrentam na escola. 

O aconselhamento, direção e assistência devem ser frequentes por parte da gestão escolar

Já que estamos falando sobre a confiança dos professores em compartilhar as situações com os diretores, devemos entrar em outro tópico muito importante: o aconselhamento, direção e assistência que devem ser oferecidos aos docentes.

Algo que um gestor escolar jamais deve esquecer é que professores, em todos os níveis de experiência, precisam de aconselhamento em algum momento. 

Isso pode acontecer por meio de um conselho verbal a um professor, fornecimento de livros e recursos ou simplesmente o oferecimento de um espaço seguro para conversar sobre o que está atrapalhando o desempenho em sala de aula.

Aos poucos, o relacionamento entre gestão escolar e professor será fortalecido e os docentes vão confiar no diretor cada vez mais.

Moça no computador

A adesão ao sistema de gestão escolar beneficia os professores

Outra forma de fortalecer seu relacionamento com os professores é ajudá-los a otimizar suas tarefas diárias. Isso mostra sua real preocupação com a qualidade de vida e de trabalho deles.

Um exemplo são as tarefas mais detestadas por grande parte dos professores: organizar horários, fazer boletins, atribuir notas etc.

No entanto, com o uso do sistema de gestão escolar Sponte, essas tarefas rotineiras tornam-se mais fáceis do que nunca e os professores podem liberar seu tempo das atividades administrativas e se concentrar naquilo que mais gostam: ensinar.

Isso porque, com o sistema, os professores conseguem lançar notas sem precisar daquelas pastas cheias de papéis, informar os pais, interagir por meio de atualizações de desempenho dos alunos e outras ferramentas de comunicação, como o Portal do Aluno

Em síntese, com um sistema de gestão escolar eficiente, você consegue oferecer desenvolvimento profissional aos seus professores. Eles vão confiar cada vez mais em sua direção e sua escola ficará melhor a curto e longo prazo.

________________

Com essas sugestões, você vai conseguir oferecer o apoio que os professores precisam da gestão escolar. E, se você quiser saber mais sobre a valorização docente, convido você a assistir agora mesmo uma palestra incrível e gratuita do nosso I Sponte para a educação:

CTA

compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Gerente de Produto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.