Superando desafios para ensinar: por que os professores precisam da gestão escolar mais do que nunca?

Descubra porque sua gestão escolar deve apoiar os professores neste momento em que as aulas têm acontecido a distância, e como fazer isso!

Por Cristopher Morais em 13 de agosto de 2020.

O início do ano de 2020 foi marcado por uma pandemia que mudou a forma como realizamos uma série de tarefas. Sua gestão administrativa passou a ser realizada de casa por você, gestor, e por toda a sua equipe, ou tendo o número mínimo de pessoas trabalhando presencialmente na escola. 

As aulas passaram a ser ministradas a distância, contando com plataformas de videoconferência e portais para o envio de atividades online. Quando este cenário se instaurou, gestores procuraram reorganizar sua gestão administrativa. 

Por consequência, muitos professores precisaram dar conta de reorganizar suas aulas e metodologias. A verdade é que a qualidade das aulas pode acabar comprometida, caso esse profissional esteja trabalhando sozinho. 

É por isso que a melhor opção, frente à situação, é garantir que a gestão escolar esteja focada na administração pedagógica e nas aulas que estão sendo ministradas.

Quer saber como fazer isso? Então continue sua leitura: 

Dê apoio psicológico à sua equipe de professores 

Por que professores precisam da gestão escolar? | Sponte

Primeiramente, é preciso compreender que seus professores precisam de ajuda psicológica para lidar com este cenário. Por isso, sua escola deve contar com um atendimento psicológico disponível para atender seu corpo docente.

O atendimento pode ser feito através de reuniões individuais ou em grupo. Isso depende do tamanho de sua equipe e da necessidade de apoio de cada um. 

Também é importante compreender que esse é um processo longo e que a ajuda é necessária tanto durante a pandemia quanto depois, na volta às aulas. É normal que muitas pessoas, inclusive seus alunos, fiquem com receio de voltar a interagir em espaços fechados. Afinal, o isolamento foi a recomendação por meses.

De toda maneira, é imprescindível que exista uma comunicação clara entre os professores, o psicólogo e a gestão. Assim, ficará mais fácil mensurar a situação e tomar as decisões certas que ajudem a escola, seu corpo docente e ainda melhorem o processo de ensino-aprendizagem do aluno. 

Capacite os professores para lidar com a situação 

Lembre-se de que seus professores não são treinados para dar aulas a distância. Por isso mesmo, é preciso que a gestão da escola busque por maneiras de capacitar o corpo docente.

Existem muitos cursos e workshops online, alguns com baixo ou nenhum custo, que podem ser aproveitados. A escola pode reunir todos os professores em uma chamada de vídeo e compartilhar o curso, ou isso pode ser feito individualmente. Basta enviar links para que todos tenham acesso às mesmas informações. 

Também é importante promover a troca de conhecimentos entre sua equipe. Esse tipo de momento costuma acontecer na sala de professores. Porém, uma vez que as aulas estão acontecendo a distância, a interação presencial tornou-se limitada.

Permita, então, que isso aconteça através de plataformas online de videochamadas, semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente. É importante avaliar isso com todo o seu time, pois as reuniões não podem conflitar com as outras atividades que estão sendo desenvolvidas pela sua equipe. 

Apresente as ferramentas certas aos professores da sua escola

Por que professores precisam da gestão escolar? | Sponte

Ferramentas como plataformas e portais, que não costumam ser utilizados no dia a dia pelos professores nas aulas presenciais, se tornaram suas principais ferramentas nas aulas a distância.  

Por isso mesmo, é dever da gestão da escola apresentar essas ferramentas.

Apresente quais serão as plataformas e sistemas utilizados pela sua instituição para a realização das aulas online. Depois, explique quais as funcionalidades e como utilizar cada uma delas. Assim, o professor estará munido de informações para ministrar aulas, atividades e avaliações. 

Essa é uma etapa muito importante! Alguns professores, se pesquisarem por conta, provavelmente não saberão como utilizar algumas tecnologias específicas. Isso pode diminuir, e muito, a qualidade do seu ensino. 

A explicação sobre a utilização dessas tecnologias pode ser dada em sessões de vídeo conjunta, em workshops ou através de aulas gravadas e enviadas aos professores. 

Foque nas metodologias ativas para que as aulas continuem apresentando qualidade e dinamicidade 

Os formatos das aulas presenciais e online são completamente diferentes. Por isso, existem muitas metodologias que costumam ser aplicadas em sala de aula e não podem ser usadas da mesma maneira nas aulas a distância. 

No entanto, algumas metodologias ativas de aprendizagem ainda podem ser utilizadas pelo corpo docente da sua escola, como:

  • Sala de aula invertida
  • Aplicação de atividades lúdicas
  • Estudos e atividades em grupos
  • Debates 

Saiba mais sobre estas metodologias, como aplicá-las e suas vantagens lendo o post: Metodologias ativas no EAD: como aplicar?

Sua gestão escolar e a COVID-19

Lidar com o impacto de todo este cenário em sua escola é um verdadeiro desafio diário. Mas, levando nossas dicas para dentro da sua escola, ficará mais fácil garantir a qualidade do ensino e da gestão administrativa. 

A atuação da gestão da escola no apoio ao professor é muito importante. Mas não é o único desafio que está sendo administrado por você gestor, não é mesmo? 

Conhecendo sua realidade e querendo ajudar sua instituição a continuar sendo um sucesso, mesmo frente à pandemia da COVID-19, nossa equipe reuniu dicas de como superar esta crise e manter uma gestão da escola com excelência. Confira: 

Cristopher Morais / Gerente de Produto

Atualmente é Gerente de Produto, com mais de 10 anos em experiência soluções inteligentes na área da educação, faz parte do time da Sponte há 13 anos.