Por Cristopher Morais, 15 de janeiro de 2021

O que veremos na gestão educacional em 2021?

Descubra quais metodologias e técnicas serão vistas nas escolas em 2021 e como implementar isso em sua gestão educacional para ter um bom ano letivo!

A gestão de escolas por todo o mundo mudou completamente em 2020. O planejamento feito antes do início das aulas sofreu muitas transformações devido à pandemia de coronavírus, e isso impactou todo o tipo de instituição educacional: escolas de Educação Básica, de idiomas, cursos livres e todas as demais. 

O cenário vivido acabou acelerando ainda mais a imersão digital dentro das escolas. E os benefícios do uso da tecnologia foram muitos, assim como os desafios. 

Sua equipe pedagógica e administrativa, os alunos e seus familiares: toda a comunidade escolar se adaptou ao digital. Agora é hora de entender como isso tudo influenciará os caminhos da educação em 2021

O processo de ensino-aprendizagem foi revisto dentro das escolas, levando em conta o fato de que as novas gerações têm facilidade para lidar com o mundo online. Ser mais digital deixou de ser apenas uma tendência para se tornar uma necessidade em poucos meses. Por isso, em 2021, não dá para deixar isso de fora da sua escola. 

São muitas as tendências para a educação em 2021. Então é hora de compreender o que de fato acontecerá dentro das escolas de todo o país no próximo ano. 

Neste artigo vamos apresentar os seguintes tópicos: 

Gestão democrática dentro das escolas
Ensino unificado em 2021
A necessidade da adaptação ao ensino híbrido
Acompanhamento pedagógico online e presencial
Metodologias ativas de aprendizagem
Empreendedorismo social nas escolas

Continue sua leitura e compreenda mais sobre o cenário da gestão educacional em 2021: 

Gestão democrática dentro das escolas

A gestão democrática é um modelo que prioriza a tomada de decisões na escola de maneira coletiva. Ou seja, levando em consideração outros fatores e pessoas além do corpo diretor da escola.

Esse tipo de gestão educacional está focado no diálogo entre diretores, coordenadores, funcionários, professores, pais e inclusive os alunos. 

E este é o pilar principal da gestão democrática: uma relação horizontal entre todos os membros que compõem sua comunidade acadêmica. Em 2021 isso vai ser bem importante dentro das escolas. 

Uma gestão mais participativa e democrática melhora a comunicação entre todos que estão envolvidos no processo de ensino e aprendizagem. Mas esse não é o único benefício. Também pode-se destacar:

  • Incentiva seus alunos a viverem em comunidade através da democracia;
  • Ensina na prática a respeitar as ideias que diferem das suas;
  • Melhora a relação família e escola;
  • Trabalha conceitos de responsabilidade social, respeito ao próximo, empatia e educação socioemocional.

Ensino unificado em 2021

Tendo em vista o impacto que a pandemia de coronavírus teve na educação em 2020, foi criado o ensino unificado. Uma proposta do CNE (Conselho Nacional de Educação) em parceria com o MEC (Ministério da Educação). 

O documento sugere que as escolas realizem uma adaptação no PPP (Projeto Político Pedagógico) para que o ensino em 2021 seja uma continuidade do que foi passado em 2020. 

Além do mais, o ensino unificado sugere que os alunos não sejam reprovados em 2020. Afinal, a adaptação para as aulas remotas foi repentina e mais complicada para uns alunos do que para outros. 

Avaliações serão bem importantes nesse processo, pois assim o professor saberá quanto cada aluno realmente aprendeu no ano anterior. Para te ajudar a melhorar as avaliações, preparamos um material completo para você. eBook: Os desafios da avaliação

Para saber mais sobre o ano escolar unificado, confira o post: Como será o ensino unificado em 2021?

A necessidade da adaptação ao ensino híbrido

Metodologias ativas no EAD: como aplicar? | Sponte

A volta das aulas presenciais está sendo discutida em diversos estados brasileiros. Mas não vai dar pra deixar o digital de lado. Em 2021 será o momento definitivo para implantar o ensino híbrido nas escolas

É preciso planejar as aulas e atividades pensando como cada um dos assuntos será aplicado, intercalando o online e o digital.

Existem muitas maneiras de fazer isso na prática. Porém, antes de decidir, o professor e a equipe pedagógica devem avaliar a turma e até mesmo testar os formatos para saber o que funciona melhor.

Também é fundamental investir em ferramentas digitais que realmente ajudem sua escola a tirar proveito desse universo, aplicando metodologias ativas de ensino. 

Vale destacar que, no Brasil, o ensino híbrido foi regulamentado pelo MEC (Ministério da Educação) em 2004. Contudo, foi apenas durante a pandemia de coronavírus que ele se tornou o verdadeiro protagonista do ensino nas escolas, e permanecerá assim em 2021. 

Contando com as ferramentas da Sala de Aula Online do Sponte, sua escola terá um sistema completo para administrar as aulas virtuais e as atividades online, além de um chat para trocar mensagens e comunicados importantes com seus alunos e familiares. 

Acompanhamento pedagógico online e presencial

A importância dos pais para a escola no ensino a distância | Sponte

O acompanhamento pedagógico busca monitorar o desempenho dos alunos e auxiliá-los em sua jornada escolar. Assim, caso o estudante venha a enfrentar dificuldades relacionadas ao ensino, ele terá apoio dentro da escola. 

Acompanhar pedagogicamente significa, além de receber e analisar as informações de sala de aula, agir em prol dos alunos e professores, auxiliando-os na estruturação do conteúdo. 

Sendo assim, fica claro também como o acompanhamento pedagógico potencializa o aproveitamento escolar, uma vez que monitora o progresso das aulas e oferece suporte para melhorar seu rendimento.

Durante 2020 ocorreu uma forte migração para o online. Como consequência, o acompanhamento pedagógico passou a ser feito através de ferramentas digitais.

Levando em conta os diferentes modelos educacionais, é preciso saber como funciona o acompanhamento pedagógico de 3 maneiras:  

  • No modelo presencial, com o qual já estávamos acostumados e trabalhávamos; 
  • No modelo de ensino a distância, isto é, acompanhamento pedagógico online; 
  • No ensino híbrido, misturando o ensino presencial com o ensino a distância.

Para compreender a diferença entre eles, confira o artigo: Acompanhamento pedagógico online e presencial: como realizar e o que muda em cada formato?

Metodologias ativas de aprendizagem 

O conceito de metodologias ativas de aprendizagem compreende a implantação de novas formas de ensino na prática escolar, adaptando o modo como o aluno aprende e como o professor ensina. 

Os benefícios da aplicação das metodologias ativas de aprendizagem são: 

  • Melhoria na qualidade do aprendizado;
  • Aumento da autonomia e protagonismo do aluno;
  • Aprofundamento do senso crítico;
  • Maior colaboração com colegas;
  • Desenvolvimento do senso de responsabilidade;
  • Compreensão da importância da participação na sociedade.

Essas metodologias buscam aumentar a interação entre as turmas através de atividades em grupo, promover o protagonismo dos alunos no ensino, utilizar mais ferramentas digitais durante as aulas e aplicar atividades mais lúdicas para desenvolver a criatividade.

Isso tudo torna as aulas mais dinâmicas, dando conta das demandas que as novas gerações têm para o processo de ensino-aprendizagem.

Saiba mais sobre o assunto lendo o artigo: Metodologias ativas no EAD: como aplicar?

Escolas de idiomas e cursos livres podem tornar as aulas muito mais dinâmicas e fidelizar seus alunos simplesmente aplicando as metodologias ativas. 

Empreendedorismo social nas escolas

O empreendedorismo social busca trabalhar, dentro das escolas, questões como: proatividade, espírito de liderança, espírito de equipe, capacidade de planejamento, sensibilidade e empatia. 

A ideia central é compreender o contexto em que o aluno está inserido e identificar necessidades sociais que podem ser sanadas através de ações de empreendedorismo.

A implementação do empreendedorismo social auxilia muitas escolas a cumprirem seus objetivos institucionais através de ações efetivas que irão beneficiar a comunidade escolar e a comunidade civil.

Atividades práticas podem ser propostas para os alunos. Sua escola também deve promover cursos e workshops sobre o assunto, levando empresários locais para falarem sobre seu trabalho e seus feitos para a comunidade. 

Escolas podem até mesmo oferecer a opção do ensino técnico, para que esse perfil empreendedor seja moldado nos alunos de sua escola. 

Quer saber mais sobre o empreendedorismo social e como implantar ele em sua escola? Então confira o eBook:

Baixar eBook: Empreendedorismo Social nas Escolas

compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on google
Gerente de Produto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *