Metodologias ativas no EAD: como aplicar?

Entenda como aplicar metodologias ativas em suas aulas em formato EAD e tornar o ensino a distância muito mais dinâmico em sua escola!

Por Cristopher Morais em 08 de julho de 2020.

Depois que a internet surgiu, o modo como muitas coisas são feitas mudou completamente. Atualmente, contas são pagas por aplicativos, refeições são requisitadas por delivery e aulas acontecem no universo online, através de plataformas de videoconferência. 

Para que o ensino, por parte do professor, e o aprendizado, por parte do aluno, aconteçam de maneira eficiente, é preciso aplicar metodologias eficazes. 

Quando o assunto são as metodologias aplicadas no processo de ensino-aprendizagem, o professor costuma ter o papel principal. Mas isso se inverte quando se trata de metodologias ativas. 

Metodologias ativas de aprendizagem acontecem quando o aluno interage com o tema em estudo, lendo e perguntando sobre ele, relacionando o que encontra com o que já sabe, levantando hipóteses e dizendo o que pensa. Ou seja, o estudante acaba se tornando o protagonista do próprio aprendizado. 

As ações propostas através de metodologias ativas estão relacionadas à motivação, ao maior envolvimento e ao engajamento dos alunos durante as aulas. 

O objetivo é instigar o aluno a refletir sobre o assunto proposto, gerando indagações para que ele possa aprender de maneira mais fluída e natural. 

A aplicação desse tipo de metodologia é muito vantajosa e pode funcionar muito bem nas aulas em formato EAD. Elas ajudam a manter a disciplina dos alunos e tornam a aula muito mais dinâmica. 

Quer entender mais sobre o assunto? Neste post vamos falar sobre:

  • As vantagens da aplicação das metodologias ativas nas aulas EAD;
  • Quais são as metodologias ativas;
  • Como aplicar metodologias ativas em suas aulas EAD.

Continue sua leitura e confira! 

Quais as vantagens de aplicar metodologias ativas no ensino EAD?

Metodologias ativas no EAD: como aplicar? | Sponte

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) apresenta uma série de diretrizes para auxiliar professores a organizarem seu planejamento de aulas. Lá, também é possível encontrar muitas explanações sobre metodologias que podem ser aplicadas nas videoaulas. 

Dentre tantas metodologias que podem ser aplicadas, as metodologias ativas apresentam diversos benefícios quando aplicadas nas suas aulas EAD. Alguns dos principais são:

  • Maior colaboração do aluno com seus colegas de turma;
  • Melhoria na qualidade da aprendizagem dos alunos;
  • Aumento da autonomia do aluno no seu aprendizado;
  • Desenvolvimento do senso crítico, senso de responsabilidade e protagonismo do aluno nas aulas;
  • Compreensão do aluno em sua participação na sociedade;
  • Aulas mais dinâmicas. 

Metodologias ativas de aprendizagem

As aulas que acontecem em formato EAD são diferentes das aulas presenciais em sala de aula. 

Assim como as videoaulas exigem uma adaptação por parte dos professores e dos alunos, as metodologias ativas também devem ser repensadas. 

Confira a seguir uma lista de metodologias ativas aplicadas em aulas presenciais, que, se reformuladas, podem ser aplicadas nas aulas EAD em sua escola de idiomas ou cursos profissionalizantes. Confira:

Sala de aula invertida

Para aplicar o conceito de sala de aula invertida nas aulas EAD, o professor deve  disponibilizar previamente os materiais para os alunos. Dessa maneira, a turma pode estudar e consultar a matéria de uma determinada aula antecipadamente. 

Isso significa que o aluno ganha a possibilidade de estar por dentro do assunto da próxima aula, podendo debater e tirar suas dúvidas diretamente com o professor, durante a videochamada. 

Isso acaba tornando a aula muito mais dinâmica, uma vez que a fala não fica centrada apenas no professor. Os alunos, ao se conectarem à aula online, podem participar de debates, fazer perguntas e apresentar suas impressões. Essa troca entre o professor e os alunos ajuda muito no desenvolvimento do senso crítico e na oralidade de toda a turma. 

Essa é uma ótima maneira de tirar do professor a obrigação de ser “o palestrante”, e única pessoa a trazer informações. Ele passa a ser o mediador, aumentando seu contato com os alunos, e pode também fazer uma avaliação do desenvolvimento de cada um em cada aula. 

Aplicação de atividades lúdicas

Outro formato de metodologia ativa a ser aplicado em suas aulas é através de atividades mais lúdicas para a sua turma durante a videoaula. Se tratam de brincadeiras, jogos, contação de histórias e outras ações que alinham o aprendizado e a diversão ao mesmo tempo.

As vantagens desse tipo de metodologia ativa podem ser ampliadas se ela for aplicada em grupo. Ela pode instigar o trabalho em equipe, a socialização e a criatividade de todos os alunos que participarem. 

A turma estará desenvolvendo novas habilidades e conhecimentos de maneira bastante dinâmica e divertida!

Este tipo de metodologia tende a funcionar muito bem em escolas de idiomas, cursos livres ou profissionalizantes. Isso é muito poderoso, pois esse tipo de centro de ensino deve se preocupar muito em entregar uma experiência positiva, a fim de fidelizar seus alunos. 

Promova estudos e atividades em grupos

As atividades em grupo são uma técnica bastante comum no ensino tradicional desenvolvido de forma presencial. Devido às tecnologias que hoje existem, como Google Docs, redes sociais e plataformas de videoconferência, isso também pode ser proposto nas aulas EAD!

A troca de conhecimentos e habilidades entre os alunos é extremamente importante para o desenvolvimento de todos. Afinal, cada um vive experiências diferentes que, quando compartilhadas, promovem uma interação social extremamente rica. 

Portanto, além de entenderem mais sobre a diversidade, respeito entre pessoas diferentes e tantas outras questões sociais, seus alunos estarão aprendendo de maneira ativa! 

Procure promover debates

Metodologias ativas no EAD: como aplicar? | Sponte

Como destacamos no tópico anterior, cada pessoa vive diferentes experiências na vida, o que tende a resultar em opiniões diversas e formas distintas de ver o mundo. 

O ensino no modelo tradicional, onde o professor é o protagonista das aulas, possui uma tendência bastante grande de alinhar pensamentos, uma vez que a fala fica centrada no professor durante praticamente toda a aula. Promover espaços para que os alunos troquem sua opinião sobre os mais diversos assuntos torna a aula uma experiência muito mais rica, incentivando a vida em sociedade de uma maneira mais saudável e respeitosa.

Por essa razão, os professores devem promover debates nas aulas EAD. Isso é possível quando a aula é feita através de plataformas de videoconferência. O professor se torna a pessoa que intermedeia a fala dos alunos e dos grupos formados. 

Além do mais, seus alunos terão de fazer pesquisas por conta própria a respeito do assunto proposto. Assim eles estarão procurando o conhecimento através de uma metodologia ativa em dois momentos: durante a pesquisa e durante o debate! 

O professor, além de mediador, também é responsável pela identificação de posicionamentos racistas e preconceituosos que venham a surgir durante os debates propostos. 

A partir dessa identificação, ele deve discutir o porquê de essas ideias serem erradas e ajudar os alunos – de maneira didática – a desenvolverem uma visão mais respeitosa e humanitária perante pessoas e suas diferentes culturas.

A Sponte como veículo para metodologias ativas

Quando se trata das aulas presenciais, no formato tradicional, uma das metodologias ativas propõe a utilização de tecnologias para tornar a aula mais dinâmica. 

As aulas EAD já dependem dessas tecnologias. Para que o ensino a distância seja eficiente, portanto, é preciso contar com as tecnologias certas. E nisso o Sponte pode te ajudar!

O Sponte possui um Portal do Aluno, onde o professor pode disponibilizar atividades para que o aluno desenvolva tudo em um só ambiente online. Ali também é possível promover diálogos entre o professor, o aluno, seus pais e responsáveis, a fim de garantir que as metodologias aplicadas ativamente estejam sendo realmente positivas para a experiência do aluno. 

Conte com as diretrizes da BNCC para aplicar metodologias ativas na sala de aula de sua escola

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um documento nacional desenvolvido para tornar o processo de ensino-aprendizagem mais inclusivo em todo o país. 

Aplicando suas diretrizes, a escola possui base para melhorar as aulas no formato EAD e garantir que as metodologias ativas apresentem bons resultados para seus alunos. 

Para colocar isso em prática da maneira correta,  confira nosso eBook com tudo que você precisa saber sobre a BNCC:

Cristopher Morais / Gerente de Produto

Atualmente é Gerente de Produto, com mais de 10 anos em experiência soluções inteligentes na área da educação, faz parte do time da Sponte há 13 anos.