A importância dos pais para a escola no ensino a distância

Descubra como se relacionar de maneira efetiva com os pais e responsáveis, e como isso pode ser benéfico para sua escola!

Por Suellen Bosse em 12 de junho de 2020.

Com o surgimento do novo coronavírus, o mundo sofreu um baque histórico. A sociedade precisou se reorganizar e hoje funciona em um modelo que nunca vimos antes. Com as escolas não podia ser diferente. 

As instituições de ensino seguem a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), evitando aglomerações e, com isso, os alunos e funcionários estão isolados em casa.

Por essa razão, novos desafios surgiram para as escolas e seus educadores. As questões vão além de como serão as aulas, as atividades e avaliações. Estamos falando de como fazer para que esse processo pedagógico seja efetivo.

Nessa caminhada a presença e apoio dos pais e responsáveis são essenciais. Uma vez que o aluno perde sua referência de rotina dos horários escolares, cabe aos pais criarem uma rotina de estudos em casa, com o auxílio da escola, e garantir que ela se cumpra.

No post de hoje falaremos sobre como estreitar os vínculos dos pais e responsáveis com a escola, para que essas duas pontas trabalhem em conjunto em prol da educação dos alunos.

O lugar dos pais no processo educacional

A importância dos pais para a escola no ensino a distância | Sponte

Antes de tomar qualquer decisão, é importante entender qual o papel social da família dentro da educação dos jovens, e também saber como alinhá-los com suas expectativas enquanto gestor e educador.

De modo geral, os pais possuem uma infinidade de responsabilidades, sendo os filhos a mais importante. O bem-estar deles é a prioridade para os pais, que se ocupam em dar o melhor que podem a eles. 

Mas engana-se quem pensa que isso se limita ao material. A participação dos pais ou responsáveis é fundamental no processo de construção da percepção que a criança tem de si mesma enquanto parte da comunidade.

É papel da família auxiliar a criança no seu desenvolvimento emocional, afetivo e cognitivo, bem como educá-la para garantir seu bom convívio em sociedade. 

É com a família que conhecemos nossas primeiras perspectivas de mundo e as possibilidades que temos de futuro.

São nossos pais que nos incentivam a correr atrás dos nossos sonhos para o futuro e mostram que a escola é o caminho para chegar lá.

Sob a perspectiva de educadores, temos que nos atentar para a possibilidade dos alunos deixarem seu papel e responsabilidades na escola, se não forem incentivados da forma correta. O ideal é que a escola agregue ao aluno e que ele a leve consigo, e não que a deixe para trás ao final de cada aula. 

Por isso, é importante que os pais sejam incluídos, e entendam que também é da parte deles o incentivo ao estudo, bem como a participação ativa no processo de aprendizado de seus filhos.

Portanto é fundamental que a família compreenda o papel do aluno na escola e entenda que ele possui deveres, responsabilidades e os deixem assumir esses compromissos. 

Como já falamos, família e instituição devem trabalhar juntos, porém a partir do momento que os pais interferem no processo que se concentra entre escola e aluno, novos problemas tendem a surgir e o mais prejudicado é o próprio aluno.

Sendo assim, é necessário que a atribuição de cada um esteja bem clara, caso contrário a tríplice aluno-escola-família se desequilibra e todo o processo pedagógico se compromete.

Aproximando os pais e a escola

Após entender qual o papel dos pais e sua importância dentro da sua proposta educacional, é hora levar toda essa informação até eles. 

Então vamos ver a seguir como trabalhar nossa comunicação para que família e instituição atuem lado a lado no processo pedagógico. Confira:

Conheça seu público:

Cada família possui seus próprios hábitos e horários, e quando se fala em implementar a metodologia de ensino a distância, detalhes como esse fazem diferença. 

É improdutivo tentar aplicar ideias mirabolantes, se os pais não estão dispostos ou simplesmente não conseguem colaborar. Então estude a demanda de trabalho que virá pela frente e tente ajustar com o contexto de cada família. 

Lembre-se que a escola deve ajudar os pais nesse momento de adaptação a se adequarem a essa nova realidade.

Princípios transparentes:

Deixe claro o propósito da sua instituição, como ela trabalha, e seus objetivos relativos à formação dos alunos. 

A partir do momento que os pais compreenderem isso, será muito mais fácil alinhar as ações e o papel de cada um dentro do que a escola está propondo.

Pais cientes do seu papel:

Muitos responsáveis não entendem o impacto que possuem nos filhos enquanto alunos, tampouco sabem do seu lugar dentro do sistema de ensino que a escola propõe. 

Então esclareça aos pais a importância deles no processo educacional, sobretudo agora, quando o aluno passa mais tempo com eles do que em contato com a escola. Estas pessoas atuam como auxiliares diretos do trabalho que a escola está fazendo e garantirão que ele funcione como planejado.

Ensine os pais a ensinar:

Para muitos adultos ensinar é um verdadeiro obstáculo. Não são todas as pessoas que possuem um talento para passar conhecimentos. E mesmo que assim seja, provavelmente a referência de ensino que os pais têm são de seus próprios tempos de escola. 

O problema é que os tempos mudam, as técnicas pedagógicas evoluem e poucos adultos fora do meio educacional acompanham de fato essa evolução. 

Por isso, dedique-se a ensinar os pais sobre como são os métodos utilizados na sua escola, o porquê de terem optado por essa metodologia e os instrua também a como garantir que essa proposta se cumpra na casa deles, com as aulas a distância. 

Além disso, auxilie-os a construir uma rotina que seja efetiva para os alunos. Assim os estudantes terão um plano de aula estruturado e eficiente, que se afetará o mínimo possível pelas diferenças que existem entre a rotina de uma família e outra.

Comunicação eficiente:

Além de escolher a plataforma ideal para as suas necessidades, é importante planejar sua forma de conversar. Adote uma comunicação dinâmica e que seja de fácil compreensão através de ferramentas digitais.

Lembre-se de quando falamos em manter os pais alinhados com os objetivos da instituição. Eles precisam compreender de forma clara cada passo que a escola dá, para então ajudá-la.

Estimule o diálogo:

A comunicação deve ir além de aplicar atividades e pedir que os pais supervisionem. 

Abra espaço para que as famílias conversem com a escola e deem suas opiniões sobre tudo que está sendo feito. Esse feedback é de extrema importância para aprimorar essa metodologia de aulas a distância, que até então era pouco explorada pelas escolas, sobretudo nos níveis de ensino básico, médio e ensino infantil.

A família dentro da escola:

O cenário de pandemia é um impeditivo para a implementação dessa prática atualmente, mas fica como uma dica para o futuro. 

A tecnologia nos ajuda a manter contato frequente, mas procure também estreitar os laços da instituição com a família convidando-a para dentro da escola. Seja para uma reunião, evento, mostra de trabalhos escolares, são diversas as opções. 

Trazer os pais para dentro da escola, literalmente, aumenta o sentimento de comunidade e os faz sentir parte do que de fato é a comunidade escolar. Além disso, é uma forma de gerar um impacto positivo no aluno, ao ver sua família integrada a um lugar que tem um peso tão importante na sua formação e crescimento.

Escolha o melhor canal de comunicação e conte com a ajuda de ferramentas inteligentes

A importância dos pais para a escola no ensino a distância | Sponte

Hoje em dia existem uma infinidade de formas de se comunicar com pais e alunos. Pode ser via e-mail, WhatsApp, ou algum aplicativo ou plataforma própria. 

Seja como for, o ideal é que se escolha apenas um canal de comunicação para fazer contato com os pais, alunos e inclusive enviar materiais. Isso evita que alguma mensagem ou informação importante se perca, ou alguém não saiba o que está acontecendo devido ao excesso de lugares por onde ela está recebendo os materiais e comunicados enviados pela escola.

Com o software da Sponte, você tem acesso ao recurso da Agenda Digital. Com ela é possível criar uma comunicação direta com pais e alunos, trabalhando em um canal prático e confiável. 

Use também o Portal do Aluno da plataforma Sponte para manter os responsáveis atualizados sobre os conteúdos e atividades trabalhadas em aula. Através do nosso sistema de gestão você também pode gerenciar atividades, avaliações e notas dentro de uma única plataforma.

Você pode ainda utilizar o quadro on-line de horários e compartilhá-lo com os professores para organizar o cronograma de aulas a distância. E, se precisar enviar conteúdos via e-mail ou SMS, conte com nossa ferramenta de campanhas de marketing.

Agora você sabe qual a importância dos pais dentro do processo pedagógico, que vai muito além de escola e aluno, e aprendeu dicas práticas de como tirar o melhor proveito dessa relação, que vai beneficiar sua instituição, seus alunos e famílias.

Como está o relacionamento entre sua escola e os pais dos seus alunos? Quais práticas você considera certas e quais você ainda pretende aprimorar? A crise do coronavírus impactou no seu relacionamento com os pais e responsáveis?

Para saber como lidar com esta questão, acompanhe nosso eBook gratuito sobre o assunto: 

Suellen Bosse / Gerente de Marketing

Atualmente é Gerente de Marketing, com mais de 15 anos de experiência na área de comunicação e relacionamento, faz parte do time da Sponte há mais de 18 anos.