Por Carla Helena Lange, 24 de março de 2022
Tempo de leitura: 8 minutos

A importância da avaliação escolar na Educação Infantil e maneiras de implementar essa prática

Entenda a importância da avaliação escolar na Educação Infantil e como ela é uma ferramenta para melhorar a aprendizagem dos alunos e aumentar a autoconfiança.

A importância da avaliação escolar na Educação Infantil | Sponte

Da pré-escola à universidade, as avaliações são meios de ajudar as pessoas a provarem que aprenderam o conteúdo que foi ensinado pela instituição. 

A avaliação escolar, especificamente, é a maneira pela qual, no dia a dia, os professores e gestores observam o aprendizado das crianças e o classificam. O intuito é sempre contribuir para o sucesso na aprendizagem de cada um dos estudantes.

Mesmo que avaliações escolares sejam motivos de críticas por parte de muitas pessoas, quando criadas corretamente, são úteis tanto para alunos, quanto para professores e gestores escolares.

Leia mais: Como o seu método de avaliação pode ajudar na retenção de alunos?

Quer entender melhor a importância da avaliação escolar? Continue a leitura. Você vai saber: 

A importância da avaliação escolar na Educação Infantil | Sponte

Qual é a importância de avaliar os alunos da Educação Infantil?

Realizar a avaliação dos alunos da Educação Infantil é fundamental, já que por meio dela é possível acompanhar o desempenho emocional e cognitivo de cada criança.

Leia mais: A importância de desenvolver as habilidades socioemocionais dos alunos

Entretanto, é necessário que o professor reconheça que avaliar os alunos dessa etapa não significa qualificá-los, compará-los ou julgá-los, mas entender suas habilidades e preferências. 

É importante lembrar que a avaliação sempre deve considerar o contexto da criança. Pode ser problemático basear-se em avaliações que só são capazes de medir crianças que têm determinadas experiências culturais. 

Leia mais: A importância da experiência para as crianças na educação infantil

A avaliação escolar ajuda os educadores a aprenderem sobre os alunos e a identificar formas de apoiar a aprendizagem e o desenvolvimento de cada um deles. Com isso, é possível encontrar os pontos fortes e os pontos em que é necessário mais apoio e atenção.

Leia mais: Qual o objetivo da avaliação escolar?

Além disso, a avaliação é uma maneira de analisar a prática pedagógica e o modo como o professor conduz sua turma de alunos e os incentiva em seu desenvolvimento. 

O educador precisa utilizar atividades que auxiliem as crianças a evoluírem em relação às suas ideias, manifestações de interesses e ao modo como lidam com seus sentimentos. 

As avaliações também são grandes aliadas dos professores porque os alunos nem sempre são francos sobre suas dificuldades — especialmente porque a sala de aula cheia muitas vezes desencoraja expor as dificuldades.

Elas também podem ser um meio pelo qual os alunos ganham confiança. Até mesmo nós, adultos, comemoramos ao conquistar um resultado positivo. Para as crianças, não é diferente. Elas adoram chegar em casa com nota 10. Isso pode ajudar os alunos a se manterem focados em sua escolaridade.

De modo geral, as avaliações devem sempre ter como objetivo: 

  • Valorizar a diversidade de interesses dos alunos e explorar a curiosidade das crianças, sempre com respeito às suas individualidades.
  • Favorecer as crianças com desafios adequados aos seus interesses e possibilidades.
  • Proporcionar interatividade, acolhimento e atividades que as façam compreender o mundo real.
  • Despertar a curiosidade e capacidade de investigação das crianças. 

Seguindo esses critérios, os principais benefícios da avaliação escolar na Educação Infantil serão: 

  • Melhora na aprendizagem e o desenvolvimento da criança
  • Identificação da necessidade de apoio extra 
  • Avaliação das interações com o professor e o restante da turma
  • Documentação do aprendizado com o intuito de avaliar o progresso

Como evitar uma avaliação punitiva

É importante implantar em sua escola uma cultura de que a avaliação deve ser baseada em objetivos e não em notas. 

É preciso ter muita cautela, desde a Educação Infantil, para não criar estereótipos. O melhor aluno da turma, a nota mais alta, o mais inteligente etc. Essas comparações podem não ser saudáveis para os pequenos estudantes.

O mais importante é apoiar — e muito — os professores de sua escola para que eles trilhem o caminho da avaliação com autonomia, sempre respeitando as singularidades dos alunos e usando da criatividade. 

Para não tornar a avaliação uma ação punitiva, separamos aqui algumas dicas de cuidados a serem tomados. Veja: 

  • Ao entregar os boletins, a escola jamais deve comparar os resultados entre os alunos.
  • As competências e as habilidades trabalhadas em sala de aula sempre devem ficar claras para os pais e responsáveis.
  • Os aplicativos de comunicação escolar podem ser de grande ajuda, principalmente para que não haja constrangimento no momento de compartilhar as notas. Conheça o Portal do Aluno Sponte.

Como implementar essa avaliação escolar

De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação, seção 11, a qual refere-se à Educação Infantil, lê-se no artigo 31 que “a avaliação far-se-á mediante o acompanhamento e registro do seu desenvolvimento, sem o objetivo de promoção, mesmo para o acesso ao Ensino Fundamental”. 

Dessa forma, é fundamental que a escola saiba avaliar cada criança respeitando as suas diversidades e personalidades. Para isso, existem diversas maneiras de implementar e realizar essa importante avaliação, garantindo que as características de cada aluno sejam analisadas de formas e contextos diferentes. 

É por isso que, mesmo que a responsabilidade de avaliar seja do professor, é indispensável que o gestor escolar garanta que tal atividade esteja feita com cautela. Deve haver atenção sobre os materiais que estão sendo oferecidos, as formas de execução das avaliações e a organização das crianças. 

Confira a seguir dicas para realizar uma avaliação satisfatória na Educação Infantil de sua escola, que vão te ajudar a guiar os professores:

A importância da avaliação escolar na Educação Infantil | Sponte

Cada criança deve ser observada individualmente

O professor responsável pelas turmas da Educação Infantil deve realizar uma avaliação baseando-se nas particularidades de cada criança. 

Recomenda-se que essa observação seja feita individualmente, uma vez que dessa forma o educador poderá entender realmente como cada criança se comporta em relação às brincadeiras e demais atividades propostas, ao que está sendo ensinado nas aulas, à interação com seus colegas de turma e outros aspectos.

Essa observação precisa ser feita com certa frequência para que um acompanhamento regular seja realizado. Após a observação de diferentes aspectos, o professor tem a responsabilidade de registrar as informações constatadas e reuní-las em um material como um diário de bordo da turma.

Solicitar a participação dos pais e dos responsáveis

Embora a avaliação escolar pareça ser uma atividade interna da escola, é importante que ela conte com a participação da família.

Especialmente na Educação Infantil, o dia a dia dos alunos reflete diretamente nos resultados de aprendizagem. 

Com o apoio de pais e responsáveis, é mais fácil conseguir sucesso em uma avaliação escolar, já que eles têm uma visão mais ampla das dificuldades e facilidades dos alunos.

A família precisa fazer parte desse processo para que o desempenho escolar infantil seja melhorado. Além disso, é vantajoso para a escola, uma vez que ela consegue nortear com mais facilidade as decisões escolares.

Construir o portfólio de cada aluno

Com a construção de um portfólio, a escola consegue reunir os diversos trabalhos de cada aluno, sendo uma das principais maneiras de registrar o desenvolvimento de cada um, assim como os percursos cumpridos por sua aprendizagem. 

Além disso, essa é uma maneira de praticar uma avaliação em que a criatividade de cada criança é colocada como ponto central.

O portfólio pode conter: 

  • Ficha do aluno
  • Trabalhos realizados pelo estudante
  • Anotações feitas em sala
  • Provas e avaliações
  • Produções textuais
  • Desenhos
  • Pesquisas
  • Redações
  • Entre outras atividades
A importância da avaliação escolar na Educação Infantil | Sponte

Pedir que façam autoavaliação

Apesar de serem crianças de até 5 anos, é essencial que os alunos realizem autoavaliações.

Converse com seus professores para que eles incentivem os alunos a discorrerem sobre suas habilidades e em relação ao que apresentaram como dificuldade em determinada atividade, por exemplo. 

É uma maneira de permitir que a criança faça uma reflexão sobre seu próprio aprendizado e aprenda a se comunicar cada vez melhor.

Em geral, essa autoavaliação pode ocorrer ao final de cada bimestre. Os alunos podem atribuir uma nota a si próprios, como forma de expressar sua própria opinião sobre o desenvolvimento dos estudos. Para deixar mais lúdico, você pode sugerir que seus professores trabalhem com figuras, imagens e outros recursos. 

Leia mais: A importância de fazer a avaliação do que foi feito em cada bimestre

Por exemplo: se o aluno considera ter oferecido seu melhor comportamento e atenção nas aulas, ele deve escolher 10 estrelas.

Além de ser uma prática de comunicação, também é de reflexão — desde cedo, o estudante pode tomar consciência de seu próprio desempenho.

Cada observação deve ser registrada

Para conhecer a criança integralmente, as observações sobre o progresso do desenvolvimento dela devem ser anotadas. 

Peça que seus professores registrem tudo que foi observado. Habilidades, competências, o que pode ser uma dificuldade e o que ainda está em desenvolvimento. 

Essas anotações podem ser feitas em partes – cada dia semana um grupo de alunos vai ser observado, por exemplo. 

Assim, aos poucos, sua escola vai ter registros importantes dos alunos, tais como: 

  • Principais características
  • Participação nas atividades
  • Capacidade de autonomia
  • Habilidades e dificuldades
  • Comportamento durante as aulas
  • Facilidade de relacionamento com os demais
  • Reação diante das conquistas, fracassos, conflitos e adversidades
  • Principais avanços

Essas informações ajudam a gestão escolar a passar informações mais completas aos pais para que, juntos, possam traçar estratégias para melhorar o desenvolvimento das crianças e o trabalho dos professores.

Envolvimento dos alunos em atividades culturais

Promover atividades culturais na escola é uma responsabilidade da gestão escolar, uma vez que o contato próximo com a cultura complementa a formação das crianças e desenvolve o senso crítico.

Leia mais: A importância de incentivar os alunos a praticarem atividades culturais nas férias

No que diz respeito às avaliações, a inserção de atividades culturais na escola permite avaliar os aspectos físicos, culturais e também emocionais do aluno, tais como: 

  • Expressões corporais
  • Noções espaciais 
  • Coordenação motora 
  • Ritmo e harmonia
  • Interação com outras pessoas
  • Organização e senso de coletividade
  • Capacidade de corresponder às responsabilidades
  • Capacidade de lidar com variações de sentimentos 
  • Capacidade de comunicação e argumentação

Você pode inserir a cultura na sua escola por meio da organização de festivais, acesso a músicas, dança, apresentação de lendas e histórias, atividades que promovem o conhecimento da culinária de lugares diferentes, resgate de brincadeiras e muito mais. São muitas possibilidades para o gestor escolar inovar.

Leia mais: Como ensinar e praticar a cidadania com as crianças?

A importância da avaliação escolar na Educação Infantil | Sponte

Como o Sponte pode colaborar para avaliar os alunos da Educação Infantil

Como você viu, existem muitas formas de avaliar os alunos. Com o sistema de gestão escolar Sponte, você tem gestão pedagógica como nunca antes, para administrar melhor todas essas possibilidades. 

O Sponte permite que a documentação escolar e os sistemas avaliativos sejam personalizados em formato numérico, conceitual ou por habilidades. Dessa forma, você pode escolher o formato que faz mais sentido para sua escola.

Além disso, com a digitalização de documentos, registros de faltas, conteúdos, ocorrências e planos de aula, você consegue planejar todas as necessidades avaliativas que conversamos aqui hoje com mais precisão e organização. 

O Sponte também conta com o App Sponte Agenda. Com ele, o acompanhamento de avaliações de alunos é muito mais prático e organizado em um só lugar.

Queremos que você saiba que nós contamos com uma equipe apaixonada pela educação, que estará com você em todas as etapas, proporcionando a melhor experiência em sua jornada com nosso sistema de gestão escolar. Tudo para que você possa encontrar a melhor forma de avaliar seus alunos — seja na Educação Infantil, Básica, Ensino Médio ou Técnico e Profissionalizante.

Por fim, como você viu hoje, para melhorar as avaliações escolares, os gestores de escolas precisam que as famílias estejam engajadas nesse processo também. Quer saber mais sobre como fazer isso? Confira nosso guia: 

compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Analista de Conteúdo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.