Por Suellen Bosse, 01 de junho de 2021

A importância de desenvolver as habilidades socioemocionais dos alunos

Entenda como uma escola de inteligência na educação básica pode desenvolver as habilidades socioemocionais de seus alunos.

Habilidades socioemocionais na educação básica

O método conteudista da educação básica brasileira já não é mais o suficiente para preparar os alunos a se tornarem cidadãos ativos e conscientes. Afinal, uma escola de inteligência precisa desenvolver não apenas habilidades técnicas, mas também competências emocionais em sala de aula

Ou seja: para formar pessoas responsáveis e com habilidades sociais, é essencial que as escolas trabalhem além dos conceitos básicos das matérias curriculares, ultrapassando, com seus alunos, os limites dos livros didáticos. 

As habilidades socioemocionais – também chamadas de não-cognitivas, interdisciplinares ou transversais – são as competências que podem ser ensinadas, praticadas e aprendidas, tanto na escola quanto em casa, por meio de diversas atividades fundamentais para a formação do indivíduo.

O objetivo de trazer essas aptidões para a sala de aula é preparar o aluno a enfrentar a vida adulta como ser humano e não apenas como profissional. Entenda, neste artigo, como a escola pode ajudar na formação de alunos não apenas intelectualmente capazes, mas humanamente conscientes.

O que são as habilidades socioemocionais?
Como trabalhar as habilidades socioemocionais em sua escola?
Por que desenvolver a parte socioemocional na educação básica?
Quais são os benefícios de desenvolver as habilidades socioemocionais dos alunos?

O que são as habilidades socioemocionais?

O que são as habilidades socioemocionais

Chamamos de habilidades socioemocionais aquelas que são associadas à inteligência emocional dos indivíduos. São elas que ajudam a determinar a maneira como nos relacionamos com os outros e com a nossa própria personalidade.

Vale ressaltar que a própria Base Nacional Comum Curricular (BNCC) demanda que as habilidades socioemocionais estejam presentes em todas as escolas do país, sejam elas de cunho público ou privado, ao exigir as seguintes habilidades dos alunos:

  • Conhecimento
  • Pensamento crítico e criativo
  • Comunicação
  • Repertório sociocultural
  • Argumentação
  • Autoconhecimento e capacidade de elaborar um projeto de vida
  • Saberes digitais
  • Cooperação
  • Cidadania

A escola, cujo papel é preparar o aluno para a vida em sociedade, não deve negligenciar essas competências, uma vez que são elas, de forma subjetiva para cada aluno, que determinam a maneira como aprendemos e lidamos com as mais diversas situações do cotidiano.

Além de preparar o aluno para o futuro profissional, é essencial educá-lo para a rotina de relações pessoais do dia a dia, e isso só acontece quando há a compreensão das próprias emoções e de como se lida com situações comuns.

Como trabalhar as habilidades socioemocionais em sua escola?

O bom desenvolvimento das habilidades socioemocionais está diretamente ligado ao futuro profissional do indivíduo e ao aprendizado que o aluno terá como guia por toda a sua vida. 

Dessa maneira, é preciso que a questão socioemocional seja trabalhada desde cedo pela família e pela escola.

Como vimos, essas habilidades são aquelas que envolvem competências emocionais, sociais e éticas que influenciam como cada pessoa:

  • Se relaciona com o ambiente e com os indivíduos ao seu redor.
  • Tem controle sobre suas próprias emoções e sentimentos.
  • Busca seus objetivos pessoais e profissionais.
  • Enfrenta as próprias frustrações e êxitos.

Estamos vivendo em uma época de intensas e complexas transformações sociais, o que exigirá cada vez mais que os indivíduos saibam lidar com o que ocorre tanto ao seu redor quanto em seu interior. 

Desse modo, a escola precisa ir além das fórmulas matemáticas e regras gramaticais, e incentivar os estudantes a usarem habilidades que irão ajudá-los em situações concretas do cotidiano, seja no ambiente residencial, escolar ou profissional.

Existem várias formas de trabalhar e incentivar o desenvolvimento das habilidades socioemocionais nas escolas por meio de atividades em sala de aula e conversas com os alunos. 

O gestor e a equipe pedagógica podem, por exemplo,  aplicar atividades em que os alunos precisam reconhecer suas emoções e o que estão sentindo em relação à determinada situação.

É possível promover aulas e atividades em que a criatividade seja trabalhada por meio de desenhos, criação de histórias, show de talentos e outras oficinas.

Estimular que os alunos participem de ações voluntárias e de empreendedorismo sociais na comunidade também é uma maneira de trabalhar as habilidades socioemocionais.

Podemos citar as seguintes aptidões como as habilidades mais relevantes a serem trabalhadas no contexto escolar:
Podemos citar as seguintes aptidões como as habilidades mais relevantes a serem trabalhadas no contexto escolar:
  • Criatividade: ajudar os alunos a desenvolverem suas próprias ideias e atividades, estimulando sua independência e capacidade para criar novos conceitos a partir do que foi trabalhado em aula. A leitura e atividades manuais são ideais para desenvolver essa habilidade.
  • Capacidade de colaboração: essa habilidade é essencial para os alunos aprenderem a conviver em harmonia com a turma em que estão inseridos, além de incentivá-los a ouvir e ajudar seus colegas. Atividades em grupo, como apresentações, podem ser desenvolvidas para estimular a colaboração na turma.
  • Comunicação: indispensável para qualquer ser humano, independente da profissão, é a capacidade de se expressar e interagir com outras pessoas. Muitas vezes, a escola acaba não desenvolvendo essa habilidade essencial, principalmente quando aplica metodologias tradicionais de ensino. 

Apresentações orais, em grupo ou individuais, podem contribuir para o desenvolvimento dessa competência, assim como as metodologias ativas de aprendizagem.

  • Autonomia: colocar o aluno como protagonista no próprio processo de aprendizagem é muito importante para que ele seja capaz de desenvolver outras habilidades essenciais, como pensamento crítico, tomada de decisões, pensamento ágil, proatividade e resolução de problemas. 

Convidar o aluno a fazer análises do conteúdo em sala de aula e promover debates e pesquisas são iniciativas que ajudam os estudantes nesse âmbito.

  • Resiliência: incentivar os alunos a traçarem metas e a analisarem resultados positivos e negativos ajuda para que eles não desanimem ao obterem um retorno abaixo do esperado. 

Dessa forma, eles entendem que a aprendizagem é um caminho a ser percorrido e que há obstáculos a serem superados. Aplicar a autoavaliação é muito importante para isso. 

Tais habilidades preparam o aluno para a realidade concreta, a qual, muitas vezes, é colocada em segundo plano na sala de aula.

Assim, ao terminarem o ciclo escolar, os alunos serão capazes de contribuir positivamente para a sociedade, além de outras vantagens que veremos a seguir.

Por que desenvolver a parte socioemocional na educação básica?

Desenvolver as habilidades socioemocionais dos alunos está diretamente relacionado com o modo como eles enxergam e enfrentam o mundo ao seu redor.

É importante esclarecer que o desenvolvimento das habilidades socioemocionais não deve ser reconhecido como algo oposto às práticas tradicionais de ensino. Pelo contrário: elas precisam ser complementares aos conteúdos regulares trabalhados em sala de aula. 

O que muda é a presença do ensino socioemocional de maneira interdisciplinar. Sendo assim, a forma de lecionar abre espaço para que o aluno relacione as matérias curriculares com ações como:

  • Autogerenciamento
  • Autoconsciência
  • Consciência social
  • Habilidades de relacionamento
  • Tomadas de decisão responsável
  • Inteligência emocional
  • Gerenciamento de pessoas

Tudo isso é primordial para que os alunos tenham um pleno desenvolvimento acadêmico, em contato com características formadoras para a vida e não apenas para uma faculdade ou área profissional.

Quem apreende habilidades como resiliência, sociabilidade, tomadas de decisões responsáveis e empatia para com o próximo, tende a alcançar um sucesso maior em relação àqueles que não desenvolveram essas competências.

Quais são os benefícios de desenvolver as habilidades socioemocionais dos alunos?

Ao trabalhar o desenvolvimento das habilidades socioemocionais com seus alunos, é possível reconhecer diversos benefícios, tais como:

  • Melhoria do aprendizado.
  • Redução de problemas relacionados à indisciplina.
  • Diminuição do bullying.
  • Redução do uso de drogas e álcool por parte dos jovens.
  • Promoção da saúde mental entre os estudantes.
  • Melhora na relação entre alunos e professores.
  • Promoção da autoaceitação, problema comum em crianças e adolescentes.
  • Presença de atividades mais dinâmicas, o que incentiva os alunos a participarem ativamente das aulas.
  • Inclusão de valores na sala de aula, como respeito e empatia.
  • Inclusão do autocontrole em atividades escolares, aumentando o rendimento e resultados dos alunos em diversas atividades, especialmente nas avaliativas.

Percebe-se que, ao introduzir essas habilidades no dia a dia em sala de aula, a produtividade dos alunos aumenta, pois você eliminará problemas recorrentes, como a indisciplina, do contexto escolar.

Além disso, alunos com dificuldades no aprendizado tendem a se beneficiar dessa pedagogia mais humanizada, pois terão a habilidade de identificar o próprio ritmo de assimilar os conteúdos e lidar melhor com ele.

Tudo isso beneficia a gestão escolar como um todo, pois os índices de rendimento serão maiores e as ocorrências negativas serão reduzidas. 

A sua escola trabalha as habilidades socioemocionais? Como elas são inseridas no currículo escolar? Conte para a gente nos comentários abaixo!

Aprenda, também, as possibilidades de ensinar habilidades socioemocionais por meio do empreendedorismo social. Leia tudo sobre isso no nosso eBook:

Baixar eBook: Empreendedorismo Social nas Escolas

compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on google
Gerente de Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *