10 projetos inspiradores de educação para o seu ano de gestão educacional

2021 chegou e nós separamos 10 projetos de educação espalhados pelo mundo e cheios de inspirações para equipes e gestores. Confira!

Por Cristopher Morais em 26 de janeiro de 2021.

O início do ano em especial é um período de muito trabalho tanto para os professores quanto para a gestão da escola. É o momento de reunir todos os colaboradores e preparar os planejamentos que irão guiar os trabalhos nas instituições de ensino. 

Tais planejamentos abrangem desde a gestão pedagógica e administrativa da escola inteira, até como se darão os trabalhos individuais que cada professor realizará em suas respectivas turmas.

Os projetos político-pedagógicos das escolas atualmente já não possuem as mesmas diretrizes de anos atrás, tão tradicionais e podemos até dizer conservadores.

Cada vez mais metodologias inovadoras e ativas estão ganhando espaço e se destacando pelo resultado positivo que tem proporcionado aos alunos e instituições, sem falar no seu impacto na comunidade.

Vale muito a pena se planejar e estudar a viabilidade e implementação de modelos de gestão e projetos pedagógicos diferentes nas escolas. Especialmente no momento atual, em que muitas mudanças ocorreram na dinâmica das escolas. Tal cenário fez os profissionais da educação perceberem de uma vez por todas que os métodos mais tradicionais talvez já não sejam tão efetivos para a geração atual de alunos quanto foi para as gerações passadas.

Por isso, neste artigo trouxemos 10 projetos de educação inovadores, entre modelos de gestão e iniciativas de atividades extra-classe, para inspirar gestores escolares para o planejamento de um novo ano letivo. Confira!

Projeto Borboleta
Steve Jobs School
The Bath Studio School
Barefoot
Think Equal
Minas na Ciência
Parenting the Future
NAVE
Núcleos de Estudos
Projeto Escola Verde

Projeto Borboleta

Desafios aula online para a educação básica e como superá-los? | Sponte

Colocado em prática na cidade de Oeiras, no Piauí, o Projeto Borboleta tem como objetivo auxiliar no processo de alfabetização de crianças. Dentro dessa iniciativa as crianças são divididas em fases de aprendizado e são estimuladas a serem protagonistas do seu processo pedagógico

Os professores, por sua vez, são estimulados a olhar os alunos de forma propositalmente desigual, compreendendo quais precisam de mais ajuda, quais já possuem mais autonomia e em quais isso ainda precisa ser trabalhado.

Dentro dessa ótica, o processo pedagógico não é uniforme, mas sim compensatório. Isso significa que todos os alunos recebem atenção e orientação, mas o profissional da educação tende a ajudar mais aqueles que apresentam mais dificuldade em suas jornadas.

Esse tratamento a princípio “desigual” é o que garante a verdadeira igualdade do processo pedagógico, pois todos os alunos acabam assimilando o conteúdo que é obrigatório, algo que nem sempre acontece no método tradicional, que tende a massificar os alunos, ignorando suas individualidades dentro do ensino.

Steve Jobs School

Sediada na Holanda, a Steve Jobs School existe desde 2013. Seu plano pedagógico é totalmente voltado para a tecnologia e por isso essa é a ferramenta utilizada pelos professores para promover um processo educacional autônomo e conseguir relacionar os conteúdos com o cotidiano dos alunos, sobretudo para a nova geração. 

Estamos falando de crianças que geralmente já chegam à escola sabendo manusear smartphones, tablets e utilizar a internet. 

Portanto, esse tipo de metodologia de ensino, que integra a tecnologia ao aprendizado, está cada vez mais presente no dia a dia das escolas, sobretudo desde 2020, o ano em que a COVID-19 obrigou as escolas, por motivos de segurança e saúde, a utilizarem todas as ferramentas à disposição para manter o calendário acadêmico e ainda transmitir o conteúdo aos alunos. 

Portanto, uma metodologia como a da Steve Jobs School não poderia ser mais atual.

Além de tudo isso, a gestão escolar e pedagógica permitem, até certo ponto, que os alunos definam suas prioridades de aprendizado, incentivando o desenvolvimento de seus interesses e aptidões naturais.

The Bath Studio School

A Bath Studio School está localizada na Inglaterra e é totalmente gratuita. Com uma proposta pedagógica diferenciada, a instituição incentiva os alunos a aprender baseando o conteúdo em desafios que serão encontrados no mercado de trabalho. 

O foco da instituição está em aproximar o currículo escolar do cotidiano que fará parte da vida do aluno assim que ele se formar.

Para que a proposta da escola se cumpra com excelência, a gestão investe em cursos de marketing, artes, design e mídias digitais para suplementar o currículo dos estudantes, incentivando o empreendedorismo. 

Além disso, um ponto muito valorizado pela escola é a formação socioemocional dos alunos. Empatia, resiliência, autoestima e criatividade são valores cultivados pela instituição.

Barefoot

Esse projeto não é apenas de uma escola. Muito pelo contrário. Na verdade ele é aplicado em diversos países e foi premiado pelo Wise Awards. 

Sua proposta consiste em promover a educação em países em desenvolvimento, sobretudo em áreas rurais, onde o acesso à educação é muito limitado, seja por falta de infraestrutura ou por modelos políticos e sociais que acabam deixando-a de lado.

O projeto Barefoot se concentra também no letramento digital, na educação financeira e no acesso a informações e conhecimentos relacionados à saúde, direitos civis e microempreendedorismo. 

Além disso, conteúdos complementares podem ser adicionados ao currículo dependendo das necessidades apresentadas em cada localidade.

Think Equal

Também sediado na Inglaterra, o Think Equal atua em diversos países com a proposta de alfabetizar emocionalmente crianças de 3 a 6 anos. O objetivo é formar cidadãos conscientes sobre seu papel social e seu impacto nas relações humanas. 

No currículo estão conteúdos como empatia, senso crítico, igualdade de gênero, resolução pacífica de conflitos, autoestima, resiliência, entre outros.

Leia também: Como ensinar e praticar a cidadania com as crianças? 

Minas na Ciência

O projeto começou por uma iniciativa estudantil de alunas da cidade de São Miguel das Matas, na Bahia. Notando a ausência de mulheres nos livros de história e ciências, estudantes da escola desenvolveram dinâmicas para evidenciar o trabalho de cientistas do mundo todo, inclusive brasileiras, e suas contribuições para a sociedade.

O projeto logo tomou forma e se tornou aplicativo e uma série de jogos educativos que ainda conta com o mesmo objetivo. 

Hoje ele ultrapassa os muros da instituição onde nasceu e sempre que possível é apresentado em eventos, divulgando o trabalho das mulheres na ciência.

Parenting the future

Como já abordamos anteriormente em outros projetos, existem lugares em que a educação não consegue receber o apoio necessário para o seu bom funcionamento. Isso tem vários motivos para acontecer, entre eles a falta de profissionais qualificados, sobretudo na educação infantil. 

Para combater esse problema na China, o Parenting de Future atua na orientação de cuidadores visando a melhora da qualidade do serviço escolar, bem como do desenvolvimento das crianças. Um verdadeiro exemplo da importância da formação continuada.

Sigla do Núcleo Avançado de Educação, o NAVE é uma iniciativa de uma escola em Recife. Seu foco está em estimular a criatividade dos alunos e prepará-los para o mercado de trabalho a partir de uma espécie de curso profissionalizante integrado ao ensino tradicional.

Com ele, os alunos passaram a ter aula em período integral e, além das matérias obrigatórias, cumprem no período da tarde as disciplinas relacionadas aos cursos de programação de jogos digitais, multimídia e roteiro para mídias digitais. 

Há também a oportunidade dos alunos interessados participarem do NAVE ainda mais de perto, atuando como pesquisadores do laboratório. 

Mais um recurso desse programa que estimula a criatividade e a capacidade de resolução de problemas.

Núcleos de Estudos

https://app.rdstation.com.br/emails/preview?email_id=5723700
https://app.rdstation.com.br/emails/preview?email_id=5723700

Esse exemplo veio do Instituto Federal Fluminense, no noroeste do estado do Rio de Janeiro. Nesse IF, os alunos têm a possibilidade de aprofundar seus conhecimentos através dos projetos de extensão, que são coordenados por professores e possibilitam que os alunos exercitem sua criatividade e autonomia no processo de aprendizado.

Na escola em questão, os alunos podem fazer parte dos seguintes grupos: o clube de robótica, o clube de astronomia, clube de teatro, clube de música, e além destes há ainda os núcleos de estudo e discussão sobre gênero e o de estudos afro-brasileiros e indígenas.

Com essa gama de opções, cada aluno pode se entender com mais clareza enquanto ser humano e enquanto profissional do futuro, tendo a possibilidade de já iniciar seus estudos nas áreas que mais lhe interessam.

Projeto Escola Verde

Este projeto foi desenvolvido a partir de uma iniciativa da Universidade Federal do Vale do São Francisco, mas sua aplicação se deu nas escolas de ensino básico. 

Com esse projeto, os membros da universidade entram em contato com a gestão escolar, promovendo uma reformulação no projeto político-pedagógico.

O resultado é um ensino em que o meio ambiente e a sustentabilidade são temas recorrentes e multidisciplinares, abordando todas as disciplinas e também todos os seus conteúdos. 

Desse modo, o aluno consegue relacionar as matérias ao seu cotidiano, bem como as práticas sustentáveis e o uso do conhecimento científico para preservar o meio ambiente.

E então, se identificou com algum dos 10 projetos na área de educação que transformaram o processo pedagógico para melhor? 

Esses projetos tiveram impacto na gestão educacional, na equipe acadêmica e até na comunidade ao seu entorno. Nada disso seria possível sem o apoio e muitas vezes a iniciativa da gestão escolar para tirá-los do papel. 

Esperamos que todas essas ideias tenham te inspirado a usar a criatividade para tornar seu ambiente escolar ainda mais produtivo e estimulante para alunos, professores e demais funcionários.

Sua escola já possui algum projeto semelhante, ou proposta de gestão diferenciada? Compartilhe conosco nos comentários!
Conte sempre com o Sponte, seu software de gestão escolar!

Baixe agora: A Importância do Planejamento Participativo na Gestão Escolar Democrática

Cristopher Morais / Gerente de Produto

Atualmente é Gerente de Produto, com mais de 10 anos em experiência soluções inteligentes na área da educação, faz parte do time da Sponte há 13 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *