A importância da experiência para as crianças na educação infantil

Conheça os benefícios de melhorar a experiência na educação infantil e tornar as aulas mais dinâmicas para os pequenos em sua escola!

Por Cristopher Morais em 02 de julho de 2020.

A vida dos pequenos é construída pelas experiências que eles vivem na infância e é por meio delas que a aprendizagem acontece. As principais experiências acontecem em casa, com a família, e na escola, junto de seus colegas e professores. 

Para que o aprendizado aconteça de maneira efetiva, é preciso pensar em uma maneira de transformar o aprendizado em um processo divertido e dinâmico. 

Então, professores se perguntam: como proporcionar boas experiências para esses pequenos na educação infantil dentro da escola? 

Isso é mais simples do que parece. As situações rotineiras são ricas para as crianças, e explorar o dia a dia é uma boa solução para expor a criança a experiências sensoriais, emocionais e sociais.

Os educadores devem ser cuidadosos ao incentivar os alunos a irem além daquilo que dão conta de fazer. As crianças de uma mesma classe são diferentes e vivem experiências com sensações diversas. 

Na mesma sala pode existir uma criança mais aventureira e outra mais tímida. Portanto, estimule o conhecimento e a aprendizagem de forma diferente, de maneira que cada uma se adapte.

Ao se preocupar em melhorar a experiência das crianças, sua escola acaba desenvolvendo uma postura positiva, se destaca perante a concorrência e evita a evasão de alunos

Continue sua leitura e confira algumas dicas de como melhorar a maneira como as crianças aprendem em sala de aula: 

1 – Atenção nas situações diárias

A importância da experiência para crianças na educação infantil | Sponte

Valorize as situações corriqueiras que ocorrem em sala de aula. É importante que o professor dê espaço para que a criança torne isso uma fonte de descobertas e prazer, driblando a correria e atribulação da rotina. 

Não exija a perfeição das crianças nas atividades propostas, a naturalidade do dia a dia dará experiências maravilhosas para elas. Então, busque encorajar a participação e encontre maneiras de premiar as crianças que assim o fizerem. 

Isso será essencial para motivar todos a continuarem desenvolvendo as atividades e interagindo com seus colegas. Dessa maneira, eles irão aprender coisas novas e despertar o senso de socialização! 

2 – Desperte a curiosidade

Escolha momentos para participar ativamente da ampliação da compreensão de mundo das crianças. 

Ao observar a chuva, por exemplo, incentive os alunos com perguntas: “Gotinhas caindo do céu, de onde será que elas vêm?” Faça com que os alunos se interessem em ir além, faça comparações e responda as perguntas que eles fizerem.

Explicar como coisas do dia a dia dos pequenos funcionam vai torná-los ainda mais curiosos e com vontade de descobrir e aprender cada vez mais. Isso serve para tudo. 

Outro exemplo é falar sobre frutas e de onde elas vêm. Assim é possível falar sobre alimentação e também sobre como funciona a natureza.  

3 – Relembre os aprendizados do dia

Converse com os alunos sobre o dia que tiveram, o que aprenderam e o que descobriram. Isso pode ser feito no fim da aula e pode até se tornar uma atividade corriqueira.

Eles podem desenhar, falar sobre ou escrever. Tudo depende da série em que a criança está e do seu nível de aprendizado. 

Ao fazer isso, as crianças serão estimuladas a construírem o “contar”. Ao contar e recontar um acontecimento, há a construção da memória baseada em fatos, situações e datas.

Além do mais, isso também ajuda a criança a desenvolver linhas de raciocínio para que saiba explicar coisas para as pessoas à sua volta. Algo importantíssimo para estimular a comunicação do pequeno com seus colegas, professores e familiares. 

4 – Fortaleça a confiança

A importância da experiência para crianças na educação infantil | Sponte

As expressões e o comportamento dos educadores falam mais alto do que sua voz. Por isso, se houver algum momento de exaltação, explique para a criança o que está acontecendo.

É essencial que professores e alunos tenham uma relação que permaneça em harmonia. Isso pode ser estabelecido através de regras na sala e de uma rotina saudável desenvolvida pelo professor e sua turma. 

5 – Saiba como avaliar sua turma de educação infantil 

A avaliação escolar não serve apenas para aplicar atividades em que se dão notas para o aluno. Esse é um processo que deve ser constante e fica a encargo do professor. 

Ele deve avaliar cada aluno levando em conta como ele interage em sala de aula e percebendo quais atividades despertam nele a vontade de aprender mais. 

Essa análise acontece a todo o tempo em sala de aula, mas também depende das informações que os pais entregam ao professor a respeito do aluno. É importante verificar quais as dificuldades da criança, para que isso seja desenvolvido em temas de casa e outros exercícios aplicados em sala de aula também. 

Esse tipo de atividade pode melhorar, e muito, a experiência do aluno em relação à escola! 

6 – Conte com as ferramentas certas

O mundo vem se tornando cada vez mais digital, o que significa que ferramentas tecnológicas não só podem, como devem ser utilizadas para desenvolver a curiosidade e o aprendizado de crianças durante a educação infantil.

Uma ótima maneira de fazer isso é levando vídeos para a aula. Eles podem ser muito informativos e também dinâmicos, captando a atenção da criança para que ela aprenda de maneira divertida!

Outra boa maneira de fazer isso é disponibilizando atividades em aplicativos. O Sponte possui o Portal do Aluno que pode te ajudar com isso. 

A partir do portal, o professor pode enviar atividades para que o aluno desenvolva. Assim, esse estudante sempre saberá onde procurar seus temas e ainda estará aprendendo a lidar com a tecnologia, algo muito importante!

Lembre-se de que é preciso considerar a idade da criança para utilizar esse formato de aprendizado. Pois, quando se trata das séries iniciais, a criança deve desenvolver a motricidade assim como a escrita! 

Conclusão

A experiência dos alunos em relação à escola é muito importante para manter a saúde financeira da instituição. Mesmo porque isso pode gerar a fidelização de alunos e suas famílias. 

Escolas têm lidado com muitos desafios com a COVID-19 em sua gestão, buscando maneiras de manter o setor financeiro saudável e também melhorar a experiência do aluno. 

Quer saber mais sobre este assunto? Então confira gratuitamente nosso eBook:

Cristopher Morais / Gerente de Produto

Atualmente é Gerente de Produto, com mais de 10 anos em experiência soluções inteligentes na área da educação, faz parte do time da Sponte há 13 anos.