8 dicas para organizar a biblioteca escolar

Descubra como ter uma biblioteca escolar organizada, aconchegante e que realmente incentive a leitura dos alunos e da comunidade escolar.

Por Marcelo Fossá em 09 de abril de 2021.

A biblioteca escolar é um espaço fundamental dentro de uma escola. Ela é um importante apoio para o ensino e um complemento para o aprendizado. Portanto, é preciso que seu acervo seja organizado de maneira a dar facilidade para todos os membros da comunidade escolar. 

Assim, você encoraja as pessoas a encontrarem não só o que procuravam a princípio, mas também novos títulos, consequentemente, estimulando o interesse pela leitura dos alunos, professores e funcionários.

Sendo assim, uma biblioteca atrativa é essencial para incentivar a leitura tanto nas crianças quanto nos adolescentes, e até mesmo nos adultos. E o primeiro passo para ter uma biblioteca atrativa é manter o espaço em ordem.

Além disso, esse é um ambiente que necessita de uma estrutura bem pensada para se tornar interessante para a comunidade. E a biblioteca só cumpre sua função se seu espaço for frequentado e utilizado, não é?

Confira, então, as principais dicas para organizar a biblioteca de sua escola:

1. Entenda a função da biblioteca na sua instituição de ensino
2. Organize os livros por assunto e por ordem alfabética
3. Tenha o catálogo disponível virtualmente
4. Invista na infraestrutura
5. Planeje uma decoração coerente
6. Tenha um responsável pela organização
7. Promova atividades que envolvam os alunos
8. Use o sistema de gestão escolar como aliado

1. Entenda a função da biblioteca na sua instituição de ensino

A primeira coisa a se fazer, pensando em deixar a biblioteca organizada e atrativa para os leitores, é entender quem frequenta (ou quem você gostaria que frequentasse) esse espaço. Isso porque todo o ambiente da biblioteca precisa conversar com seu público, apresentando a mesma “linguagem”.

Uma biblioteca desorganizada faz com que seu uso seja impraticável. Mas uma biblioteca sem vida, mesmo que organizada, não convida ninguém a conhecê-la. E tudo começa com saber qual é o seu público e a função que a biblioteca tem dentro da escola e da comunidade escolar.

Obviamente que a biblioteca escolar possui uma grande função educativa, sendo ela fonte de pesquisa e acervo de diversas obras com conteúdo significativo para o crescimento intelectual dos alunos.

Além disso, existe uma função técnica importantíssima por parte da biblioteca relacionada à gestão da informação. É do seu interesse não somente armazenar o conhecimento, mas também achar meio de difundi-lo.

Esse ambiente ainda possui uma importante função cultural. A biblioteca tem um potencial enorme para ser um espaço de troca de conhecimento e enriquecimento cultural. É o lugar ideal para promover saraus, brechós literários, reuniões, exposições, entre outros.

Portanto, sabendo de todo o potencial que a biblioteca tem a oferecer, planejar seu uso pensando nos membros da comunidade escolar é o primeiro passo para organizar esse espaço a fim de que ele seja produtivo para a instituição.

2. Organize os livros por assunto e por ordem alfabética

Quando nos referimos à organização de uma biblioteca, o ideal é que o acervo seja separado por assunto e/ou por disciplinas. Dentro de cada seção, a organização deve ser feita em ordem alfabética para que o exemplar seja encontrado com facilidade por qualquer usuário.

A escola tem liberdade para escolher qual tipo de classificação de livros deseja utilizar, mas é essencial que seja muito bem sinalizado como funciona o sistema de organização escolhido e como a busca por um título deve ser feita. 

Além disso, o bibliotecário da escola deve estar preparado para auxiliar os alunos quando necessitarem.

3. Tenha o catálogo disponível virtualmente

Invista em um sistema de gestão que permita que a busca por um determinado exemplar seja feita online, a fim de simplificar o processo de localização de um livro na biblioteca de sua escola. 

Assim, os alunos são capazes de ganhar independência no momento em que precisarem encontrar um exemplar, ou mesmo pesquisar sobre determinado assunto.

O catálogo virtual deve estar presente no site da escola de preferência, já que é uma maneira de aumentar e facilitar o acesso ao acervo da biblioteca. E lembre-se de disponibilizar ao menos 1 computador na biblioteca para que os alunos possam consultar o sistema de localização de livros.

Existem diversos softwares especializados disponíveis no mercado, mas o ideal é contar com um que esteja integrado ao seu sistema de gestão escolar.

Com um bom sistema, você pode:

  • Arquivar e catalogar exemplares para ajudar na organização da biblioteca.
  • Gerar códigos particulares para cada obra, otimizando muito o trabalho dos funcionários da biblioteca. 

4. Invista na infraestrutura

Proporcionar um ambiente confortável e adequado à biblioteca é essencial para a organização e bom uso do seu espaço. E isso tem tudo a ver com a infraestrutura de sua escola.

A biblioteca precisa comportar adequadamente todas as obras literárias e ainda ter espaços para que os alunos leiam, pesquisem e realizem trabalhos escolares. 

É necessário entender, também, que há diferentes tipos de espaços ideais para seus alunos. O ambiente dos estudantes do ensino médio não deve ser o mesmo do usado pelas crianças do ensino infantil, por exemplo.

O ambiente no qual funciona ou funcionará a biblioteca deve ser planejado para que receba luz natural. É necessário que o local seja arejado e os livros devem estar em estantes adequadas tanto ao tamanho dos alunos quanto à quantidade de volumes disponíveis no acervo.

Quanto ao acervo literário que a escola tem, o consenso é que 50 volumes ocupam 1 m². Tendo isso em mente, fica mais fácil planejar o espaço de acordo com o número de livros disponíveis e as possibilidades de novos investimentos.

Ao pensar na área de estudo e leitura, lembre-se de investir em mesas e cadeiras confortáveis para todos. Separe, também, um espaço mais lúdico e colorido para a educação infantil, com os livros dispostos de acordo com a altura dos pequenos leitores e com almofadas para que possam se acomodar no chão.

É importante que as mesas acomodem grupos de alunos e, se possível, que a biblioteca tenha um espaço para notebooks e tablets, a fim de que os usuários possam realizar pesquisas além do acervo da biblioteca. 

Inclua, também, um mural onde possam ser colocados os recados da escola e as regras de uso do recinto.

5. Planeje uma decoração coerente

A decoração da biblioteca deve ser planejada de forma atrativa para todas as idades. Como dissemos anteriormente, ela precisa conversar com seu público para que ele se sinta interessado em frequentar o ambiente.

O ambiente infantil deve ser mais lúdico e colorido. Se possível, fica interessante até ter desenhos de personagens conhecidos dos livros que a biblioteca possui. Isso despertará nas crianças o desejo de ler os livros daquele personagem que ela viu na parede da biblioteca.

A mesma questão também se aplica e pode ser adaptada para pré-adolescentes e adolescentes. Colocar trechos famosos de livros em cartazes nas paredes, ou ainda figuras emblemáticas das histórias conhecidas por eles, irá criar identificação, despertar interesse e se relacionar diretamente com os jovens.

Contudo, sabemos que, dentro do orçamento de uma escola, nem toda biblioteca tem a verba necessária para uma decoração dos sonhos. Ainda assim, é possível improvisar e criar tudo isso com materiais disponíveis na própria escola e de baixo custo, como cartolinas, canetas coloridas, revistas em quadrinhos, entre outros. 

Mais importante do que ter recursos financeiros é ter criatividade na hora de propor uma decoração para a biblioteca escolar.

Vale lembrar ainda que os objetos funcionais de organização, como prateleiras e mesas, também servem como decoração e podem ajudar a criar um espaço atrativo para os alunos.

6. Tenha um responsável pela organização

Com diversos empréstimos e devoluções, a biblioteca pode ficar desorganizada caso os livros não sejam devolvidos aos seus locais corretos. Para evitar a desordem, é sempre bom ter um funcionário responsável por guardar os exemplares nas prateleiras correspondentes e manter a organização do espaço.

Além disso, organizar uma biblioteca vai muito além de colocar livros no lugar. É preciso catalogar as obras que chegam, atualizar o sistema da biblioteca, organizar os empréstimos e filas de espera para os livros, cobrar as devoluções atrasadas e muito mais. 

Para que tudo isso seja feito da melhor forma possível, é altamente recomendado contar com ao menos um funcionário capacitado, como um bibliotecário(a) ou biblioteconomista, que saberá administrar a rotina da biblioteca.

7. Promova atividades que envolvam os alunos

Uma iniciativa interessante para a escola colocar em prática é a de promover atividades com os alunos junto com a equipe de funcionários da biblioteca. É possível ensinar às turmas de cada sala como é a forma correta de armazenar os livros, de modo que eles se sintam responsáveis e consigam ajudar a manter a organização do acerto.

Participar de atividades como essa, cria um senso de pertencimento entre aluno e biblioteca, além de estimular a noção de propriedade coletiva, em que é preciso manter a integridade dos livros e sua organização, uma vez que eles são utilizados por todos.

Além disso, no primeiro tópico falamos sobre a função cultural da biblioteca e citamos, inclusive, algumas atividades culturais que podem ser promovidas no espaço. Uma boa dica é fomentar eventos desse tipo e convidar os pais e responsáveis a participarem, incentivando o uso desse espaço.

De todos os membros da comunidade escolar, pais e responsáveis são os mais difíceis de serem incluídos, pois não participam presencialmente do dia a dia da instituição. Portanto, esse tipo de ação os leva para dentro da escola e da biblioteca, estimulando a participação de todos nesse ambiente.

8. Use o sistema de gestão escolar como aliado

Atrasos na devolução de livros são sempre um problema, pois atrapalham a fila de empréstimos, afetando indiretamente a organização da biblioteca. Em casos mais graves, quando não há a devolução, pode ocorrer, inclusive, um desfalque no acervo.

Portanto, cobrar os leitores inadimplentes é fundamental para manter a ordem da biblioteca. Para isso, utilize os meios de comunicação para informar pais e alunos o que o sistema de gestão escolar de sua instituição disponibiliza.

Com o sistema de gestão escolar Sponte, por exemplo, você pode contar com o Portal do Aluno, que permite esse contato com agilidade e eficiência. Conheça o Sponte.

É uma forma rápida e prática de entrar em contato com os alunos e responsáveis e de manter a organização e a integridade do acervo da biblioteca escolar.

E na sua escola, como é feita a organização da biblioteca? É utilizado um método de organização específico? Conte a sua experiência nos comentários!

O Portal do Aluno Sponte é uma ferramenta essencial para melhorar o contato com seus alunos. Mas se você quer conhecer mais técnicas para engajar a comunidade escolar, acesse nosso eBook:

Marcelo Fossá / Gerente de Atendimento

Atualmente é Gerente do Atendimento da Sponte há quase 8 anos e possui experiência nas áreas de suporte e sucesso do cliente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *