Como estruturar uma campanha de rematrícula de sucesso?

Descubra o que sua gestão escolar deve fazer para garantir sucesso em suas campanhas de rematrículas em todos os anos letivos.

Por Cristopher Morais em 14 de setembro de 2020.

Há uma série de processos que se repetem nas escola a cada ano. Entre eles, existem as campanhas de rematrículas, cujos resultados são capazes de medir o sucesso das atividades realizadas pela escola. 

O período de rematrículas de uma escola costuma durar pouco mais de um mês. Mas o resultado das campanhas depende de tudo o que foi feito ao longo do ano letivo

Sabendo disso, sua escola deve estar preparada para criar estratégias efetivas para sua campanha de rematrículas, e ciente de que a experiência de pais, responsáveis e alunos vale muito no fim das contas. 

Além do mais, a época de refazer matrículas costuma acontecer em um momento em que a escola está lidando com muitas questões ao mesmo tempo. Sabendo disso, como saber o que priorizar? E mais: como se organizar para que tudo ocorra bem?

Continue sua leitura e descubra o que sua gestão educacional pode fazer para ter bons resultados em sua campanha de rematrículas

Realize uma pesquisa de satisfação com alunos, pais e responsáveis

Tenha sucesso em sua campanha de rematrículas | Sponte

Como falamos no início do texto, a satisfação dos alunos, pais e responsáveis com as atividades desenvolvidas durante o ano impacta diretamente no resultado de sua campanha de rematrículas.

De maneira geral, a taxa de fidelização de sua escola irá refletir no número de alunos matriculados novamente para mais um ano letivo. 

É importante que a escola procure ter o feedback de quem já faz parte da comunidade escolar sobre a satisfação até o momento. Isso mostrará um termômetro da quantidade de alunos que estão propensos a continuar a estudar em sua escola. 

Esta pesquisa deve ser aplicada com todos. Afinal, existe o ponto de vista do aluno, que está dentro da sala de aula, e o dos pais e responsáveis, que acompanham as atividades de uma maneira completamente diferente. Ter o feedback de todos dará uma visão mais completa de todo o cenário. 

Ao fim da pesquisa com alunos, peça se a pessoa que está respondendo tem interesse em continuar os estudos em sua escola. 

É importante que você também busque o diálogo com os alunos, pais e responsáveis que não tem interesse em fazer a rematrícula para o próximo ano letivo.

Conhecer os motivos que podem levar um de seus alunos a deixar de estudar em sua escola é muito importante. Assim, a gestão da escola poderá se organizar para evitar tais situações e garantir que o estudante permaneça na instituição. 

No fim das contas, os motivos podem ser os mais variados: insatisfação, expectativas não atendidas, problemas de relacionamento do aluno ou familiar com alguém da escola, problemas financeiros, mudança de residência, etc.

Ao conhecer os motivos, a gestão escolar deve colocar estratégias em prática. Mas, para isso, a equipe da escola precisa estar preparada. 

Tenha uma equipe preparada para as rematrículas

Ao ter em mãos os resultados da pesquisa realizada, é hora de estabelecer estratégias, que devem ser discutidas com toda a equipe da escola para garantir que um bom número de alunos sejam matriculados. 

Conheça algumas maneiras de lidar com cada uma das questões abordadas no tópico anterior: 

Insatisfação ou expectativas não atendidas: é importante saber por que existe esse sentimento. Se o problema for na estrutura da escola, por exemplo, é hora de repensar seus ambientes e iniciar algumas reformas. 

Problemas de relacionamento do aluno ou familiar com alguém da escola: o primeiro passo neste caso é descobrir quem é o membro da equipe escolar que está tendo problemas de relacionamento. Caso existam muitas reclamações, é importante reconsiderar a presença dessa pessoa em sua escola. 

Problemas financeiros: se a família do aluno, ou ele mesmo, está passando por problemas financeiros, é hora de chamar sua equipe, analisar seu financeiro e verificar se existe a possibilidade de uma flexibilização nos pagamentos das mensalidades. Tudo dentro  das possibilidades da escola!

Mudança de residência: se a mudança de residência for para outra cidade, sua escola dificilmente terá como resolver o problema. Já se for para um bairro da cidade que é mais afastado da escola, é possível contar com um carro ou van que busque esses alunos. Você pode oferecer a oportunidade ou os alunos podem pagar uma taxa para tal serviço.  

Caso você esteja procurando por dicas para melhorar as aulas em sua escola, leia também: 

4 passos para tornar seu aluno o protagonista do próprio aprendizado

Metodologias ativas de aprendizagem: saiba o que são e como incluí-las em sua escola

Utilize o marketing digital para sua campanha de rematrículas

Tenha sucesso em sua campanha de rematrículas | Sponte

A melhor maneira de anunciar qualquer informação é através de uma campanha de marketing. Caso você não queira investir altas quantias de dinheiro nesse tipo de ação, o marketing digital é a melhor opção.

Utilizando as redes sociais onde seu público está, como Facebook e Instagram, sua comunicação pelo meio online acontecerá de maneira mais assertiva. Use esses espaços para falar sobre o período em que as rematrículas poderão ser feitas e como o processo irá acontecer.

Esclareça se será necessário se dirigir até a escola, ou se isso poderá ser feito online através de um link, ou pelo site da escola. 

Contando com o sistema Sponte, matrículas e rematrículas podem ser feitas online facilmente por alunos, pais ou responsáveis. Deixar claro que sua escola oferece essa possibilidade pode ajudar a reter mais alunos. Afinal, a praticidade de fazer a rematrícula apenas se conectando à internet é uma grande vantagem. 

Mensagens por SMS e e-mail também podem ser enviadas para os contatos cadastrados no seu sistema Sponte, avisando a todos que a partir da data decidida, será possível renovar a matrícula para o próximo ano. 

Crie expectativas positivas para o próximo ano letivo

Além de garantir que o aluno tenha tido uma boa experiência estudando em sua escola, para garantir um bom número de matrículas é preciso criar expectativas positivas para o próximo ano letivo.

Se trata de uma técnica estratégica chamada de gatilho da antecipação. Ao criar uma curiosidade sobre processos positivos que serão implementados, como reformas na estrutura ou até mesmo novas metodologias que serão aplicadas, seu público ficará intrigado e tentado a continuar os estudos em sua escola. 

Falar sobre os profissionais da sua escola também é importante. É possível apresentar cada profissional falando sobre seu currículo e explicando como ele costuma ministrar suas aulas. 

Foque na fidelização de alunos

Colocar em prática ações que promovam a fidelização irá aumentar as chances de ter uma boa taxa de retenção de alunos, ou seja, de ter uma comunidade escolar fidelizada e engajada com o trabalho desenvolvido pela instituição.

O Sponte possui ferramentas que podem auxiliar no controle da retenção de alunos em sua escola. Além de muitas funcionalidades que tornam a experiência do aluno em seu processo de ensino-aprendizagem muito mais dinâmico e efetivo. 

Quer dicas de como melhorar sua taxa de alunos fidelizados? Então confira nosso material: Rematrícula e COVID-19: por que sua escola precisa pensar nessa estratégia agora?

Quer ir ainda mais longe? Então leia também nosso eBook sobre retenção de alunos e descubra quando o desafio vira oportunidade!

Cristopher Morais / Gerente de Produto

Atualmente é Gerente de Produto, com mais de 10 anos em experiência soluções inteligentes na área da educação, faz parte do time da Sponte há 13 anos.