Por Suellen Bosse, 26 de fevereiro de 2021

Reposição de aulas em escolas de idiomas e cursos profissionalizantes: Organize os reforços!

Saiba como organizar as aulas de reforço e reposições em sua escola de idiomas ou cursos profissionalizantes para garantir o aproveitamento dos alunos.

Reposição de aulas e reforços para alunos | Sponte

A mudança súbita e necessária do modelo de ensino presencial para o online trouxe muitos desafios para alunos e professores. A verdade é que isso acabou aumentando a necessidade das aulas de reforço para muitos dos estudantes da sua escola de idiomas ou cursos profissionalizantes. 

Isso porque a adaptação para o modo online não aconteceu facilmente para todos os alunos. E a melhor maneira de lidar com isso é oferecendo aulas de reposição para garantir o aproveitamento de tudo o que está sendo ensinado.  

Contudo, esse processo exige uma organização da sua gestão escolar e uma preparação para o novo ano letivo

É necessário checar os horários disponíveis dos professores da escola e verificar se será necessário contratar mais pessoas para dar conta dessa demanda e até mesmo organizar seu calendário escolar.

Você, gestor, imagina por onde começar? Quer saber como organizar sua escola de idiomas ou cursos profissionalizantes e sua equipe de professores para dar conta das aulas de reforço e reposição? Então confira o artigo por completo e aproveite as dicas: 

A importância das aulas de reforço e reposição para a fidelização de seus alunos 
Faça pesquisas de opinião e peça feedbacks sobre o ano anterior 
Determine os horários das aulas e organize a programação dos professores
Organize o calendário da sua escola de idiomas ou cursos livres
Use o marketing digital para avisar sua comunidade escolar sobre as aulas de reforço e reposição 

A importância das aulas de reforço e reposição para a fidelização de seus alunos

Reposição de aulas e reforços para alunos | Sponte

Antes de tudo, é importante compreender a importância de oferecer a opção de reposição de aulas e reforço para os alunos da sua escola de idiomas ou cursos profissionalizantes. 

O fato é que esses estudantes só continuarão a estudar em sua instituição se estiverem sentindo que estão aproveitando as aulas e aprendendo de fato. E esse sentimento pode ter ocorrido em muitos alunos ao longo de 2020. 

Ao oferecer essa opção para seus alunos, sua escola está reafirmando como leva a sério o compromisso de ensinar uma nova língua ou profissão para todos que estão matriculados. E isso irá resultar na retenção de alunos, garantindo um bom volume de rematrículas.    

Vale destacar que a fidelização e a confiança que surgirão também ajudarão na captação de novos alunos, pois sua escola de idiomas ou cursos profissionalizantes acaba sendo indicado para amigos e familiares de toda sua comunidade escolar.   

Faça pesquisas de opinião e peça feedbacks sobre o ano anterior 

O próximo passo é compreender o tamanho do impacto da pandemia no estudo de seus alunos no ano letivo que se passou. Por isso, é importante realizar pesquisas de opinião com todos que estavam matriculados em seu centro de ensino em 2020. 

Faça um formulário com perguntas sobre o andamento das aulas, a desenvoltura dos professores, as ferramentas utilizadas e até mesmo sobre as matérias que foram ensinadas ao longo do ano letivo. 

A partir desse feedback, sua escola poderá até mesmo saber quais assuntos precisam ser revistos em 2021, podendo realizar aulões de revisão para quem ficou com dúvidas. Essas aulas podem ser presenciais ou online, o importante é que elas aconteçam. 

O fato de que sua escola está fazendo pesquisas é outro ato que mostra aos seus alunos o compromisso da escola com a educação de cada um. 

Esse formulário pode ser enviado para os e-mails de seus alunos. Mas, para tornar esse processo mais fácil, você pode utilizar uma ferramenta do Sponte para escolas de idiomas e cursos profissionalizantes: o Portal do Aluno. 

Através dele, sua escola tem um canal de comunicação ágil e direto com cada aluno. Esse espaço é perfeito para trocar informações importantes, dar avisos e compartilhar pesquisas importantes como esta! 

Outra maneira de saber se seus alunos precisam de reposição de aulas ou revisão de conteúdos é através da análise das notas das avaliações realizadas ao longo do ano letivo anterior. Pode ser que algumas turmas tenham lidado bem com a mudança repentina.

Uma conversa com os professores será o suficiente para medir essa demanda. Juntando isso com as respostas das pesquisas, o gestor vai saber se será necessário ter muitos horários livres para realizar esse tipo de aula especial. 

Determine os horários das aulas e organize a programação dos professores

Reposição de aulas e reforços para alunos | Sponte

Para começar a organizar as aulas de reforço e reposição, é importante analisar os horários dos seus professores. Verifique se algum dos profissionais que compõem sua equipe tem tempo livre no seu cronograma para ministrar essas aulas. 

Provavelmente será necessário rever os horários das aulas das turmas já existentes em sua escola de idiomas ou cursos livres. Procure remanejar da melhor maneira, levando em conta as demandas dos seus alunos. 

Caso sua escola funcione em todos os turnos (manhã, tarde e noite), é importante que existam horários disponíveis para reforço ou reposição em cada um desses momentos. Afinal, seus alunos podem ser trabalhadores que só possuem as noites livres, ou jovens que têm disponibilidade só no contraturno da escola, por exemplo.  

Se existirem turmas de anos anteriores que estejam no mesmo nível do curso, mas sejam pequenas, pode ser interessante uni-las. Assim sua escola ganha horários para as aulas de reposição. 

Ainda assim, talvez seja necessário realizar a contratação de um novo professor para dar conta dessa demanda. Em um curso de idiomas, esse professor poderá ser o responsável por todas as reposições e aulas de reforço. 

Contudo, um curso profissionalizante precisa de profissionais com habilidades mais específicas para ministrar as aulas. Portanto, pode ser que uma organização nos horários das turmas baste para fazer com que essas aulas especiais e tão necessárias realmente aconteçam.

Lembre-se de checar com cada profissional se ele tem disponibilidade para os horários necessários. Afinal de contas, todos possuem vida pessoal e pode ser que exista algum compromisso recorrente já marcado.  

Organize o calendário da sua escola de idiomas ou cursos livres

O próximo passo é organizar o calendário escolar e incluir as aulas de reposição e reforço. Para isso, avalie quantas horas de aula foram realizadas no ano anterior. Pode ser que existam algumas pendências, e elas precisam ser resolvidas em 2021. 

Uma vez que as aulas de suas turmas estejam organizadas como citado no tópico anterior, é preciso incluir as datas e horários no seu calendário escolar. 

Faça esse preenchimento com cuidado, para evitar que datas acabem sendo trocadas. Isso poderia gerar uma verdadeira bagunça nos horários dos professores e alunos. 

Por fim, é necessário compartilhar o calendário escolar com sua comunidade. A melhor maneira de fazer isso é através do Portal do Aluno do sistema Sponte. 

Através dessa ferramenta, sua escola consegue deixar o calendário com todas as datas e acontecimentos agendados acessível para alunos e seus responsáveis, e também para sua equipe pedagógica. 

Mesmo que seja feita uma reunião para explicar seu calendário para seus funcionários, o ano possui muitos dias letivos e é difícil reter tantas informações.

Por vezes, será preciso checar o calendário para organizar aulas e outras atividades com seus alunos. Isso tudo para evitar que seu cronograma oficial precise ser remanejado. 

Vale destacar que, caso realmente seja necessário mudar algumas datas do seu calendário ao longo do ano, não tem problema. Mas depois que as datas forem decididas, é importante que a informação seja compartilhada com sua comunidade novamente. 

O Sponte também pode ajudar nisso, já que o portal conta com chat interno e oferece a possibilidade de enviar avisos para toda a rede sempre que for necessário. 

Se você quer saber mais sobre o que o sistema pode fazer pela sua escola, confira o artigo: Como o Sponte ajuda sua escola de idiomas e cursos profissionalizantes na retenção de alunos?

Use o marketing digital para avisar sua comunidade escolar sobre as aulas de reforço e reposição 

Reposição de aulas e reforços para alunos | Sponte

De nada adianta sua gestão pedagógica organizar as aulas de reforço e de reposição se não houverem alunos aproveitando a oportunidade. Por isso mesmo, é importante que sua comunidade esteja ciente dessa notícia.

A melhor maneira de compartilhar a novidade é através do marketing digital, optando pelos canais de comunicação que já são usados pelos seus alunos, pais e responsáveis.

O Facebook e o Instagram são redes sociais com um grande número de usuários. A partir do perfil da sua escola de idiomas ou cursos profissionalizantes podem ser compartilhados conteúdos que falam sobre isso. 

Faça posts falando da novidade para seus alunos, sempre chamando todos para agendarem uma aula. Também é importante deixar claro quais são os horários disponíveis para essas aulas. 

Para garantir a visualização dos posts em ambas as redes sociais, sua escola pode investir no Facebook Ads. 

Através dessa ferramenta, sua escola poderá direcionar os conteúdos para quem segue sua página, para pessoas que moram na mesma cidade onde sua escola está localizada e até mesmo para quem mostra ter interesse no assunto. 

Isso ajudará não apenas na fidelização, mas também na captação de alunos. A tecnologia pode ser uma forte aliada da sua escola neste processo, melhorando os resultados da instituição a longo prazo. 

Quer ir mais a fundo nas vantagens da tecnologia para uma escola? Então confira o eBook:

compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on google
Gerente de Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *