Entenda o que é CPA e como deve ser aplicada nas instituições de ensino

CPA é a sigla para Comissão Própria de Avaliação, entenda como funciona e como pode ser muito útil dentro de sua gestão escolar

Por Sponte em 27 de outubro de 2017.

É muito comum a presença de CPA’s (Comissão Própria de Avaliação) nas diversas instituições de ensino, dos mais diferentes níveis. Apesar de estarmos habituados em ver o trabalho desempenhado pela CPA, tanto em escolas e universidades como em outras organizações, é importante ressaltar que as atividades desenvolvidas pela Comissão são de grande relevância e necessitam de meticulosa atenção e cuidado.

Por tratar de questões importantes para a instituição e sua comunidade, o trabalho da CPA deve ter em mente alguns nortes necessários para garantir que a função seja bem realizada. Por isso, a Sponte trouxe informações sobre o que é a CPA e como as ferramentas utilizadas por ela devem ser aplicadas. Confira!

 Afinal, o que é CPA?

CPA é a sigla para Comissão Própria de Avaliação, que é responsável pelo desenvolvimento de ferramentas estratégicas que diagnostiquem o andamento da instituição de ensino da qual faz parte. A CPA pode ser composta pela comunidade acadêmico-escolar da instituição, ou seja, por funcionários, professores, alunos e pais.

Com os resultados mapeados pela CPA através de suas ferramentas de avaliação (questionários, formulários de sugestões, avaliações, etc.), a escola começa a desenvolver um planejamento para solucionar os problemas apontados e manter as boas práticas destacadas pela comunidade escolar.

Como identificar os erros e acertos da instituição?

Primeiramente, recomenda-se que a CPA seja composta por integrantes de diferentes áreas da escola, pois, assim, melhor se formulam as ferramentas utilizadas para avaliação, feita sob diversas perspectivas. A presença de alunos, professores, funcionários e pais e/ou responsáveis  na Comissão é muito importante, pois desta forma a instituição não só consegue formular melhor os instrumentos que darão conta da avaliação, como também será mais fácil saber como arquitetar planejamentos que solucionem de forma efetiva os problemas identificados.

Para uma constatação segura do andamento da instituição, a análise dos dados deve ser rigorosa. Aferimentos de ordem pessoal, que envolvam desentendimentos entre pais, professores e/ou alunos devem ser tratados e resolvidos de forma externa a avaliação, sempre com o intuito de melhorar o clima entre toda a comunidade acadêmico-escolar.

Quais os eixos utilizados pelo CPA?

Pela Lei Federal nº 10.861/04, no que diz respeito a aplicação do CPA nas instituições de ensino, a comissão deve fazer uso de cinco eixos para formulação de suas ferramentas de avaliação, que são: 1. Planejamento e Avaliação Institucional; 2. Desenvolvimento Institucional; 3. Políticas Acadêmicas; 4. Políticas de Gestão; 5. Infraestrutura Física.

Apesar de os eixos só serem estritamente obrigatórios para a avaliação das instituições de ensino superior, o uso dessas bases para a formulação dos métodos utilizados pela CPA da sua escola é de grande auxílio. Esses cinco eixos englobam partes essenciais de qualquer instituição e sua implementação e acompanhamento deve ser constante para que sua escola alcance bons resultados.

Como implementar a CPA na minha instituição de ensino?

Apesar de demandar certo esforço, a CPA não é tarefa das mais complexas e se mostra muito eficaz no que diz respeito a mapeamento e resolução dos problemas de sua instituição.

Caso queira compor uma CPA em sua escola, se atente aos passos necessários para seu funcionamento:

  • Composição do quadro de integrantes da comissão – recomenda-se que todas as áreas da comunidade escolar façam parte da CPA, desde alunos, pais e/ou responsáveis até professores, gestores e funcionários.
  • Formulação em conjunto das ferramentas utilizadas para a avaliação – questionários, formulários de sugestão, indicies de satisfação, entre outros, devem ser elaborados em conjunto, nunca só sob o ponto de vista de uma das partes da comunidade escolar.
  • Disseminação ampla das ferramentas elaboradas – para que toda a comunidade escolar seja atingida.
  • Recolhimento, análise e estudo dos resultados pela comissão.
  • Formulação, por parte da escola, das estratégias à serem adotadas em vista dos resultados obtidos com a CPA.

Esperamos que essas informações te auxiliem na implementação da CPA em sua Instituição. A Sponte trabalha para que você se concentre no que é especialista: o cuidado e o aprendizado de seus alunos.

Conte sempre com o Sponte, o seu software de gestão educacional!

Sponte /