Dicas para melhorar a absorção dos conteúdos em sala de aula

Veja algumas dicas e aprenda como aumentar a absorção dos conteúdo em sala de aula e assim melhorar o dia a dia de suas aulas

Por Sponte em 03 de maio de 2016.

Todos precisam aprender. Em uma escola, o professor é fundamental para que o aluno consiga ter conhecimento sobre assuntos variados. Se o aluno é interessado em aprender, em ouvir e entender o conteúdo explicado, o professor também irá se sentir motivado em organizar suas aulas.

No entanto, muitos alunos têm dificuldades na aprendizagem. Eles não conseguem se concentrar e acabam não indo muito bem nas provas. O interesse e a necessidade em aprender, é algo que faz com que os alunos tentem novas formas de buscar o aprendizado para entender o conteúdo transmitido pelo professor.

Algumas dicas podem ajudar os alunos a estimular sua capacidade de aprendizagem:

Jogos podem ajudar nos estudos – Para quem tem dificuldades em aprender a matemática ou não consegue desenvolver um raciocínio lógico, alguns jogos podem servir como estímulo para que o aluno consiga desenvolver suas habilidades e aprenda os conteúdos com mais facilidade na sala de aula. Por isso, em casa, o aluno pode tirar um tempo para jogar xadrez, dominó, baralho e outros jogos de tabuleiro.

Ler ajuda a melhorar o português – Não só o português; mas que lê bastante e tem um contato direto com as palavras consegue escrever melhor, e consequentemente consegue se expressar melhor também. E isso contribui para todas as matérias. Quem lê adquire cultura e consegue melhorar o desempenho na sala de aula. Livros, revistas, artigos, jornais, ou qualquer outro material pode ajudar o aluno a melhorar seu contato com as palavras.

Fazer exercícios físicos melhora o aprendizado – Pode até não parecer, mas fazer exercícios físicos com frequência pode influenciar positivamente no aprendizado no aluno. Fazendo exercícios físicos, o aluno melhora algumas habilidades que podem ser bem valorizadas e contribuir para o aprendizado na sala de aula.

Livre-se das distrações – Celular, vídeo game, músicas e até mesmo as redes sociais podem distrair a pessoa e fazer com que ela não consiga se concentrar nos estudos. Por isso, quando o aluno estiver estudando para uma prova, por exemplo, é importante que se tenha silêncio e que nada tire a sua concentração dos estudos.

Converse consigo mesmo – Pode parecer estranho, mas quando for estudar algo, é interessante repetir o assunto para si mesmo na frente do espelho. Essa técnica de falar em voz alta pode contribuir para aprender e frisar melhor os conteúdos.

Rabisque mais – Na sala de aula, quando o professor estiver ensinando algum assunto, é interessante que o aluno pegue um rascunho e escreva pontos importantes sobre a matéria. Isso ajuda os alunos a não esquecerem os conteúdos. Pesquisas científicas já mostraram que as pessoas que costumam rabiscar durante as aulas, conseguem memorizar até 30% a mais do que as que não escrevem nada.

Alimente-se bem – Uma boa alimentação é fundamental para o dia a dia dos alunos. O cérebro é o órgão principal no aprendizado dos jovens. Ele depende de um bom fornecimento de energia para que funcione corretamente. Quando estão bem alimentados, os alunos conseguem raciocinar mais, pois o cérebro está sendo bem nutrido e não irá interferir no processo de aprendizagem.

Durma bem – Planejar a rotina é fundamental. Portanto, dormir bem pode influenciar positivamente no aprendizado. O sono é fundamental para que o cérebro consolide as informações adquiridas e as armazenem como memória. O ideal é dormir de seis a oito horas por dia.

Sponte /