Saiba como driblar a inadimplência

Aprenda algumas dicas de como driblar a inadimplência e ter uma gestão completa sem precisar se preocupar com isso durante o ano

Por Sponte em 13 de novembro de 2015.

A inadimplência é um problema bastante comum nas empresas, sobretudo as prestadoras de serviço, e o motivo nem sempre é a má fé. Em tempos de instabilidade econômica, as famílias costumam rever seus gastos, redefinir prioridades, e acabam precisando deixar o pagamento de algumas de suas contas para depois.

Mas com planejamento e com a ajuda de algumas ferramentas é possível sentir menos os efeitos da inadimplência e até mesmo reduzi-los. Conheça a seguir, algumas sugestões. 

Pós-venda

As estratégias de pós-venda não só estreitam o relacionamento com seus clientes como podem ajudar a reduzir os índices de inadimplência. Por meio do ligações telefônicas, seu time pode entrar em contato com os clientes antes do fim do prazo de pagamentos, reforçando datas, e aproveitando para conhecer a satisfação quanto ao serviço prestado. 

Valorize bons pagadores

Reconhecer quem paga em dia é um grande estímulo para pagamentos antecipados. Oferecer alternativas para quem tem interesse em honrar suas responsabilidades é um bom caminho, e deve fazer parte de suas práticas. Uma boa alternativa é a criação de programas de fidelidade, com benefícios como descontos ou brindes para quem antecipar pagamentos ou manter as faturas em dia até o fim do contrato.

Planejamento

Alguns gastos mensais permitem que você reserve previamente parte de sua receita. Sãos os gastos fixos, como o aluguel, e as faturas de água, luz e telefone. As datas de vencimento desse tipo de fatura são geralmente as mesmas, portanto é importante criar cronogramas de pagamento, aliado a reserva, para não ser surpreendido por possíveis brechas na receita causadas pela inadimplência.

Cartão de crédito

Quando o pagamento via cartão de crédito é aprovado praticamente não há risco de inadimplência. Muitas empresários, porém, ainda relutam em adotar o sistema por conta do alto custo do contrato com as empresas que oferecem esse serviço. Mesmo assim, se as taxas de inadimplência estão acima de 5%, o investimento pode compensar.

Cobrança recorrente

Essa é uma modalidade de pagamento que está tornando tendência no Brasil. Ela permite o pagamento via cartão de crédito utilizando o limite de forma gradativa, de acordo com o parcelamento escolhido. O formato se caracteriza, portanto, pelo uso inteligente do limite do cartão, onde o responsável pelo pagamento compromete seu limite apenas com um valor mensal, e não com valor total de uma compra ou prestação de serviço.

No Brasil, a empresa Vindi é referência nesse segmento. A Sponte firmou recentemente uma parceria com a Vindi, para integrar soluções de pagamento recorrente ao seu software de gestão, uma novidade que deverá ser disponibilizada em breve.

Sponte /