Precisamos falar sobre cyberbullying

Entenda o que é esse assunto e como ele deve ser abordado para que seja entendido por todos e para poder avaliar todos os pontos de vista

Por Sponte em 15 de junho de 2015.

Cyberbullying é um tipo de violência praticada através da internet, das redes sociais e de outras tecnologias relacionadas. Praticar cyberbullying é usar o espaço virtual (também conhecido como ciberespaço) para intimidar, hostilizar ou humilhar uma pessoa (colega da escola, professores ou desconhecidos), difamando e atacando a vítima virtualmente.

Na internet, as ofensas circulam por redes sociais, e-mails, vídeos, blogs e aplicativos, com uma velocidade muito maior do que teriam fora do universo conectado. Os insultos, que muitas vezes passam por brincadeiras, devem ser levados a sério. Muitas vezes são ofensas graves, que podem se transformar em perseguições, rumores, agressão física e problemas psicológicos.

A preocupação de professores e familiares é valida. Quem pratica cyberbullying pode levar vantagem pelo anonimato que a internet pode oferecer. Os insultos podem se espalhar rapidamente prejudicando a vítima nos estudos e no convívio social. As pessoas que sofrem o cyberbullying dentro da idade escolar muitas vezes são obrigadas a mudar de colégio, se sentem acuadas e podem ter sequelas na vida adulta, fora da escola.

Uma pesquisa realizada pela Kasperky Lab, da Universidade de Wuerzburg na Alemanha, chegou à conclusão de que um em cada cinco adolescentes entre 12 e 15 anos sofreu ou sofre cyberbullying. Um estudo da Universidade de Brasília realizado em 2013 apontou que 95% dos estudantes entrevistados disseram já ter visto situações de violência na internet.

A situação é grave e atinge escola, alunos, famílias e professores. Alias o corpo docente também não sai ileso do cenário online. Muitas escolas e gestores se veem diante da situação de ter seus professores e profissionais expostos nas redes, com calúnias e ofensas.

Mas então, o que fazer? O bullying já é considerado crime, e o cyberbullying pode ser denunciado. Se o agressor for identificado, pode levar processo e ter que indenizar a vítima. Dentro do cenário escolar, é sempre importante levar para alunos a mensagem de convivência e diferenças. Prevenir para que os casos não aconteçam e estar preparado para lidar com alunos e professores diante dessa situação.

Sponte /