Drogas na escola: como abordar?

Assunto bem delicado de se tratar, abordado da forma certa pode ser uma ótima forma de ouvir seus alunos e entender seus pontos de vista para adaptar-se

Por Sponte em 26 de junho de 2015.

Os pesquisadores alertam: uma vez dependente, é muito difícil ficar livre das drogas. A prevenção parece ser a melhor alternativa diante dessas estatísticas que mostram que o número de usuários dependentes só sobe. É na prevenção que a escola atua. O ambiente escolar é privilegiado já que participa de uma etapa importante na vida desses alunos. A adolescência é a fase em que mais drogas lícitas e ilícitas são experimentadas.

Não há um modelo para abordar a questão das drogas no ambiente escolar. Ainda não efetivaram uma metodologia ou fórmula específica para trazer o assunto para dentro da sala de aula. A dica inicial é: não generalize o problema. A diversidade de usuários e de tipos de drogas utilizadas, efeitos e consequências devem ser respeitados.

Trazer essa diversidade para o conhecimento dos alunos é um interessante caminho para evitar estigmas e preconceitos que veem a tona quando o assunto é tratado. Cada escola pode tratar o assunto de uma forma que acredite ser mais duradoura e eficaz. O principal papel talvez seja a prevenção primária, evitando a experimentação.

Esse papel não é do educador, como mais uma tarefa cotidiana, mas som da escola como um todo. A abordagem das drogas no ambiente escolar precisa acontecer dentro do contexto pedagógico, como um trabalho de reflexão e de estímulo ao desenvolvimento do pensamento crítico. Além disso, a escola deve ser um ponto de convergência de programas e projetos que visem à promoção de saúde.

É na escola que a inspiração e modelos dos alunos surgem. E, sim, falar sobre drogas pode ser desconfortável. Porém, é essencial que professores e coordenação enfrentem essa questão e aproveitem a proximidade dos alunos para tratar o assunto. A construção coletiva de conhecimento e informação é necessária para o tema ser tratado com tranquilidade e eficiência.

Sponte /