Quer aproveitar a Black Friday? Vejas as melhores estratégias para escolas de idiomas!

Descubra como aproveitar a Black Friday para realizar a captação e a retenção de alunos aumentando as matrículas e rematrículas de escolas de idiomas.

Por Michelle Terres em 05 de novembro de 2020.

A Black Friday já é uma data consolidada no Brasil. É uma época muito proveitosa para comerciantes e aguardada pelos consumidores. 

A aceitação e o sucesso foram tanto que a prática se expandiu para além do varejo, entrando no setor de serviços. Ainda assim, a prática de usar a Black Friday é novidade no meio da educação. Por isso, muitos gestores escolares não sabem se devem mesmo ou não investir na data.

Contudo, novembro é uma excelente época para começar a se preparar para o início do próximo ano letivo e isso inclui investir na captação de alunos. Nesse sentido a Black Friday pode ser uma valiosa aliada para chamar a atenção do seu público e aumentar o número de matrículas nesse período.

Neste post traremos a Black Friday para o contexto da educação e compartilharemos dicas e estratégias para estruturar uma campanha voltada para as escolas de idiomas e cursos livres. Acompanhe:

A Black Friday funciona para o segmento de educação?

Criada nos EUA, a Black Friday ocorre na última sexta-feira de novembro. Seu intuito original é limpar os estoques para a chegada de novos produtos e coleções para o natal e a estação seguinte. 

No Brasil, ela foi implementada pelo setor do comércio em 2010 e nos primeiros anos sofreu diversas críticas, pois muitos varejistas faltavam com honestidade sobre os preços e descontos oferecidos, a ponto da data ter recebido o apelido de “Black Fraude”.

Atualmente o mercado brasileiro já está mais habituado à Black Friday e a fiscalização mais rigorosa dos órgãos de defesa do consumidor ajudou a população a estabelecer confiança na data. 

A Méliuz, empresa do setor de tecnologia, fez uma pesquisa sobre a intenção de compra dos brasileiros na Black Friday e o resultado apontou que 72,21% da população pretende aproveitar alguma liquidação no final de novembro.

Tendo em vista esse panorama, fica claro como a Black Friday já  está mais do que aceita no calendário brasileiro. 

Justamente por isso, como dito anteriormente, o setor de serviços se apropriou dessa data para lucrar mais com seus negócios. As instituições de ensino também seguem essa proposta utilizando a Black Friday para conquistar novos alunos.

A princípio toda escola pode usar a Black Friday a seu favor, contudo as escolas de idiomas e cursos livres tem uma facilidade maior para adaptar promoções e descontos ao seu calendário. Mesmo porque estas escolas não tendem a ficar a mercê do fim de um ano letivo para o início de outro. 

Ainda assim, por ser perto do final do ano, é uma época ideal para investir em novas matrículas já visando garantir alunos para turmas nos anos seguintes.

Se sua escola oferece a opção de ensino à distância e cursos online, o momento pode ser ainda mais oportuno. Durante a pandemia de Covid-19 a busca por cursos online explodiu. 

Com mais tempo em casa, aos olhos das pessoas parece o momento ideal de investir nesse tipo de serviço. Sendo assim, a Black Friday é uma ótima deixa para atrair ainda mais alunos para esse segmento.

Quais ações posso promover para minha escola na Black Friday?

Aproveite a Black Friday em escolas de idiomas | Sponte

A Black Friday se caracteriza por descontos expressivos em serviços e mercadorias. Seguindo essa lógica, a principal ação da data para a escola seria oferecer descontos para as matrículas na data estipulada. 

Mas se engana quem pensa que as ações precisam ser rígidas e previsíveis dessa forma. Outra boa ideia (e muito vantajosa para a escola, por sinal) é oferecer descontos em pacotes de matrícula. 

Por exemplo, descontos para estudantes que tragam junto seus familiares ou parentes. Também pacotes do tipo “traga um amigo e ambos ganham descontos”. Dessa forma os alunos têm acesso às vantagens da Black Friday e a escola garante pelo menos dois alunos a mais por processo de matrícula.

Outra proposta é oferecer descontos especiais para rematrículas. Afinal, tão importante quanto cativar novos alunos é manter os estudantes que já estão na escola. 

Por isso, fazer uma promoção para renovação de matrículas, ainda mais visando garantir turmas para o próximo ano, é uma ótima estratégia e acaba sendo uma ação complementar à de captar novos alunos. 

Saiba mais sobre isso lendo: Como estruturar uma campanha de rematrícula de sucesso?

Quais as melhores estratégias para a minha campanha de Black Friday?

Entrar na Black Friday requer muito mais do que lançar descontos para o seu público. É necessário também planejar e estudar estratégias de como conquistar de fato um novo cliente, nesse caso, novos alunos. 

Sem um planejamento que respalde as ações de Black Friday, provavelmente todos os esforços resultarão em baixos resultados. Isso significa perder investimento, o que é algo que nenhum gestor pode se dar ao luxo de fazer.

A primeira coisa a se ter em mente é compreender que os descontos serão apenas o chamariz para a escola. Apesar de serem muito atrativos para o público em geral, a verdade é que não são eles os fatores determinantes para que matrícula seja fechada. 

Esta só irá se concretizar, se a escola mostrar que de fato possui diversas qualidades e vantagens para os estudantes. 

Sendo assim, o preço, apesar de chamar a atenção, será apenas um fator complementar que irá se juntar à qualidade do serviço prestado na instituição de ensino. Sendo este enfim, o verdadeiro argumento a convencer os futuros alunos a se matricularem na escola.

Para oferecer descontos e valores que sejam de fato atrativos para público é preciso conhecer o mercado com qual se está lidando. 

Por isso, pesquise e analise as escolas concorrentes, se estão fazendo promoções de matrícula e rematrícula. Saiba também quais diferenciais essas escolas estão apontando em suas campanhas de publicidade.

A partir de todos os dados coletados nessa pesquisa de concorrência, é possível traçar estratégias e analisar a viabilidade de ações para a Black Friday. Assim é possível contornar as propostas das outras escolas e garantir o interesse de novos alunos.

Para fazer com que suas ações ganhem visibilidade a estratégia mais eficaz, obviamente, é investir em divulgação. Nesse ponto o marketing digital aparece como aliado poderoso por diversos aspectos

Elaborar campanhas de comunicação online eliminam a etapa de negociação das compras de mídias tradicionais, que podem ser demoradas e sob o risco do espaço ideal ser comprado por outra escola ou empresa.

Além disso, as mídias digitais são bem mais baratas e acessíveis, possibilitando que sua escola invista o quanto for possível no momento. E um terceiro ponto de destaque para o marketing digital é: garantir a frequência da mensagem para o público, diversificando os tipos de anúncio e propaganda. 

Algumas opções são banners em sites, em vídeos, posts impulsionados, entre diversos outros. E por fim, toda essa praticidade é muito bem-vinda se a gestão não teve muito tempo disponível para planejar a divulgação com antecedência. 

Nas plataformas digitais tudo acontece muito mais rapidamente e com bem menos burocracia. Apesar da velocidade, fica o alerta: o plano de ação não deve ser traçado tão perto da Black Friday. 

Simplesmente porque as pessoas precisam saber com o mínimo de antecedência que as promoções de matrículas irão acontecer para que possam se planejar. Então trabalhe com um cronograma realista!

Dicas importantes!

Agora você sabe quais estratégias adotar para elaborar sua campanha de Black Friday e tem em mãos algumas ideias de ações para colocar em prática. Contudo, existem algumas dicas preciosas a serem consideradas durante todo o processo, desde a campanha até a ação em si. Confira:

1. Não faça promoções enganosas

Como comentamos anteriormente, assim que a Black Friday chegou ao Brasil muitos comerciantes tentaram agir de forma desonesta, se aproveitando da premissa de grandes promoções para ofertar descontos falsos. Esse fato manchou por algum tempo a imagem desta data no país. 

Contudo, hoje em dia as fiscalizações estão mais rigorosas e as pessoas têm maior conhecimento dos seus direitos enquanto consumidor e não hesitam em denunciar falsas promoções e propagandas enganosas. 

Por isso, ao decidir entrar na onda da Black Friday certifique-se de oferecer descontos e promoções verdadeiramente vantajosas não só para sua escola, mas também para seu público. 

O que está em jogo nesse caso são mais que matrículas. É a imagem da sua escola.

2. Calcule bem os valores dos descontos

Encontrar os valores certos para as promoções de Black Friday pode ser uma tarefa bem mais complexa do que se imagina. Apesar das ofertas, as ações de Black Friday não podem gerar prejuízo de forma alguma para a instituição. 

O principal objetivo é captar alunos e realizar matrículas em grande quantidade, por isso é necessário saber qual quantidade mínima de matrículas será necessária para gerar o lucro almejado e manter o foco em bater a meta. 

Ao mesmo tempo os preços precisam estar a um valor vantajoso o suficiente para atrair a atenção do seu público.

3. Planeje-se para atender o público

Aproveite a Black Friday em escolas de idiomas | Sponte

Como dito no tópico anterior, com a Black Friday o objetivo da instituição é efetuar um grande número de matrículas no dia da promoção. 

Por isso, certifique-se que a escola possui a estrutura adequada para atender à demanda. Qualquer contratempo causará desapontamento aos interessados, o que pode fazer com que mudem de ideia e desistam da matrícula. 

Portanto, prepare seu pessoal. Se a escola também realizar matrículas pelo site, de forma online, garanta que todos os links estejam funcionando perfeitamente e que o servidor conseguirá se manter de pé com o aumento do tráfego no site.

Conclusão

Como você pode ver ao longo do texto, o marketing digital é essencial para promover suas promoções de Black Friday. 

Para que você saiba como usar essa ferramenta para atrair mais alunos e garantir um bom número de renovações de matrículas, confira nosso eBook:

Michelle Terres / Gerente Comercial

Atualmente é Gerente Comercial da Sponte, com mais de 10 anos de experiência na área da gestão educacional, faz parte do time da Sponte há 17 anos.