Por Milena Hofman, 08 de dezembro de 2020

Escolas de idiomas: incentive seus alunos a continuarem aprendendo no fim de ano

Descubra como incentivar alunos da sua escola de idiomas a continuar estudando durante as férias, e veja dicas para organizar esta possibilidade:

Aprendizado continuado nas férias de escolas de idiomas | Sponte

Quando alguém está no processo de aprendizado de uma nova língua, deixar que o estudo pare bruscamente no período de férias não é o ideal. 

Isso pode causar diversos malefícios: a falta da prática, a perda do ritmo e pode prejudicar o retorno das aulas no novo ano, fazendo com que o professor precise realizar várias revisões sobre conteúdos e regras já esquecidas. 

É claro que diminuir a carga de atividades é importante, afinal, um descanso se faz necessário. Contudo, é preciso encontrar um equilíbrio para que o aluno não deixe de lado o estudo desta nova língua por um longo período de tempo.

Partindo desse cenário, sua escola de idiomas entra em uma importante questão: como motivar alunos ao aprendizado durante o período de férias? 

Isso pode ser feito através da cultura e da arte, com filmes, livros e até mesmo música. Atividades online podem ser propostas também, valendo prêmios e brindes, para motivar alunos a aprender sempre mais. 

Neste artigo separamos muitas ferramentas e ideias para que seu centro de ensino saiba como manter alunos estudando através de um aprendizado continuado nas férias de fim de ano. 

Atividades culturais no aprendizado de uma nova língua
Atividades, dinâmicas e tarefas para as férias
Ações para motivar alunos ao aprendizado continuado nas férias
Envolva os pais e familiares dos alunos neste processo

Continue sua leitura e confira nossas dicas:

Atividades culturais no aprendizado de uma nova língua

A língua falada por um povo, está diretamente ligada à história, costumes e ao modo como eles se expressam. Por isso, quando se aprende um novo idioma, automaticamente se inicia um processo para conhecer mais sobre a cultura.

Para tirar proveito deste fato, é papel da escola de idiomas, e do professor, encontrar canais e até mesmo ferramentas que possam ser apresentadas aos alunos nas aulas. 

Através disso, a turma poderá seguir com o aprendizado da nova língua fora da sala de aula. Vale destacar que isso estimula a busca de conhecimento, tornando o aluno, protagonista do próprio aprendizado

Portanto, reúna a equipe de professores da escola e crie uma curadoria de fontes de cultura da língua sendo ensinada. Nesta lista você pode incluir:

  • Filmes: destacando onde eles podem ser encontrados: Netflix, YouTube, Telecine Play, Prime Vídeo etc. Deixe sempre clara a importância de assistir com o áudio original, deixando apenas a legenda, quando necessário.

Alunos que estão mais avançados devem ser incentivados a assistir sempre sem legenda, a fim de melhorar a compreensão do idioma apenas pelo ouvido. 

  • Músicas: indicando artistas, bandas e sites confiáveis onde se pode conferir a letra da música e aprender ainda mais.

É importante criar uma lista com diferentes gêneros musicais. Assim, todos os alunos poderão encontrar ao menos uma opção que esteja de acordo com seu gosto musical. Isso é essencial, pois música tem que ser agradável aos ouvidos, caso contrário, elas não serão ouvidas. 

  • Canais no YouTube: existem muitos canais que podem ser indicados, como o TEDx, que apresenta diversas palestras curtas em línguas como inglês e espanhol.  

No YouTube também é possível encontrar diversos professores ou pessoas que falam o idioma em questão. Encontrar estes canais e opções, irá ajudar seu aluno a aprender ainda mais e de maneira descontraída. 

  • Perfis nas redes sociais: existem diversos perfis no Instagram e no Facebook que apresentam conteúdos bem legais e culturais de diversos países. Seus alunos são digitais e utilizam estas redes sociais com frequência. Indicando estes perfis fica ainda mais fácil estudar a nova língua.

A ideia é que no dia a dia, quando seus alunos estiverem conectados, eles encontrem conteúdos do idioma que está sendo estudado. Dessa maneira, a memória dos alunos se voltará para o que ele já aprendeu. Se houver uma palavra que ele não conhece, ele pode até acabar pesquisando e aprendendo mais, por conta própria.  

  • Livros: dependendo da idade dos seus alunos, indicar livros pode ser uma boa ideia e o acesso a este tipo de material é bastante fácil através da internet. Sua escola de idiomas pode indicar alguns títulos, ou ter uma biblioteca e disponibilizar o empréstimo destes livros para as férias dos alunos. 

E, assim como a música, é preciso destacar diferentes gêneros como romance, suspense, poesia e muito mais. Isso irá estimular alunos a ler sobre coisas que eles já estão pré-dispostos a gostar, facilitando o processo e motivando ainda mais.  

Lembre-se de criar curadorias para diferentes idades, como: infantil, infanto-juvenil e adulta. 

Também é importante que na volta às aulas depois do período de férias, exista uma conversa com seus alunos para pedir quais canais foram mais usados por eles, e até pedindo novos filmes, canais do YouTube, artistas, banda ou perfis nas redes sociais foram descobertos por eles. 

Dessa maneira sua escola de inglês ou outro idioma estará mantendo a curadoria atualizada e ainda mais de acordo com o público da sua instituição. 

Atividades, dinâmicas e tarefas para as férias

Aprendizado continuado nas férias de escolas de idiomas | Sponte

Para que seus alunos possam aproveitar o tempo livre das férias para aprender de maneira mais descontraída, disponibilize atividades, dinâmicas e tarefas.

Uma plataforma online, como o Portal do Aluno Sponte, permite que os professores disponibilizem, no início das férias, uma série de atividades diferentes para que seus alunos possam realizar.

Vale destacar que é preciso manter uma variação entre os modelos de atividades propostas. Também é importante deixar claro que este material está disponível lá, mas não é necessário fazer tudo de uma só vez. 

Algumas ideias de atividades divertidas que podem ser criadas são: 

1- Palavras cruzadas

O professor pode elaborar uma ou mais atividades de palavras cruzadas. Elas são fáceis de serem feitas pelos alunos e apresentam um pequeno desafio que pode ser realizado em um curto período de tempo.

Lembre-se de trazer palavras e expressões chave que foram aprendidas ao longo do ano. Cada atividade pode ter como foco um assunto em específico, como: comidas, verbos, tempos verbais, etc. 

2- Livro de receitas

Uma maneira bastante divertida de aprender durante as férias é cozinhando. Para isso, sua escola pode desenvolver, junto dos professores, um livro de receitas. 

Procure escolher receitas que são mais fáceis, como: bolos, biscoitos e afins. 

Dependendo da idade do seu aluno, será necessário ter a versão desta receita em português, para que um adulto possa auxiliar a criança no processo. 

Aliás, este pode ser um ótimo presente de fim de ano para dar aos seus alunos!

3- Complete a música

Você pode escolher diversas músicas e deixar a letra disponível para que seu aluno apenas complete. Podem ser apenas algumas palavras, ou trechos inteiros.

Deixe o link da música disponível para que seu aluno possa encontrar a versão correta. Afinal existem muitos covers de outros artistas na internet, e isso pode atrapalhar o desenvolvimento da atividade. 

Ações para motivar alunos ao aprendizado continuado nas férias 

As férias sempre são vistas como um momento para descanso. Mas é possível mudar esta visão, através de ações para motivar seus alunos a estudar neste período.

Sua escola de idiomas pode criar prêmios e brindes para motivar alunos a aproveitar este momento para aprender mais. Podem ser vale presentes, chocolates e até mesmo descontos em mensalidades e outros cursos da sua escola!

Vale a pena pedir para que seus alunos indiquem quais materiais e atividades foram realizados durante as férias, requisitando pequenos resumos sobre cada filme ou palestra assistido, por exemplo. Assim, será possível validar o que o aluno realmente fez.

Envolva os pais e familiares dos alunos neste processo

Aprendizado continuado nas férias de escolas de idiomas | Sponte

Por fim, é bem importante que os pais e familiares de seus alunos saibam que sua escola está motivando o estudo para seus alunos durante as férias. 

Explique para todos como este processo acontecerá, quais atividades serão disponibilizadas e até mesmo qual a lista de dicas culturais enviadas aos alunos. 

Dessa maneira, os responsáveis pelos alunos também poderão incentivar este aprendizado continuado, tornando o processo todo ainda mais efetivo! 

Esta comunicação com toda sua comunidade escolar, será de grande valia para que o processo seja mais efetivo. O APP Sponte Agenda pode auxiliar sua escola de idiomas a ter uma comunicação mais clara e rápida com alunos, pais e responsáveis. 

Para que você saiba como fazer isso da melhor maneira, confira o eBook:

compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on google
Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *